• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
30 maio 2020

Resenha: Doce Lar , Tillie Cole


💭 Molly tem 20 anos, mas se muda para os Estados Unidos para fazer mestrado em filosofia e tentar uma vida diferente. Mesmo sendo uma estudiosa , ela é alvo de piadas por optar ser professora universitária tão nova e se dedicar para isso. ⁣

📝 Na Universidade de Alabama, ela também conhece Romeo. O bad boy, quarterback e o conquistador . Aos poucos, eles vão se conhecendo e entre festas de irmandade e fraternidade tendo mais contato do que esperavam. Imagina esses dois opostos se atraindo e muitos dilemas no meio. ⁣

📖 A premissa universitária mesmo sendo clichê, ainda rende boas histórias. Mas, infelizmente essa não me cativou. O livro começa bom e continua satisfatório até a metade, mas algumas posições dos personagens e a superficialidade quase me fizeram largar a leitura na metade. Porém, continuei na esperança que gostaria ainda do enredo. ⁣

📖 A escrita da Tillie Cole é fluida, prende ,porém ao mesmo tempo não convence. Infelizmente o livro não funcionou para mim: o romance entre os personagens é rápido, o que impede que conheçamos eles pois parecem rasos , superficiais e com umas atitudes exageradas. Sim, não consegui gostar da Molly , apesar de ser inteligente,o fato de ser tão controlável, submissa me irritou, algo que poderia ter sido melhor construído. Enquanto Romeo é bruto, violento, controlador. Aí gente, quando ele aparecia em cena, meu deus ! Eu queria que vocês pudessem ver minha reação virando os olhos, respirando fundo para não dar um tapa no livro. ⁣

🔖”Molly, lar não é um lugar. Não é um país, uma cidade, uma casa, nem um pertence. Lar é estar com a outra metade da sua alma, com a pessoa que compartilha o seu pesar e te ajuda a levar o peso da perda.”⁣ ⁣
👀 De antemão, enfatizo que cada experiência é única, individual. Portanto, mesmo tendo lido rapidamente e ficar esperando algo imprevisível no desfecho, a história é clichê e usa as fórmulas do romance e promete o final feliz que já é esperado. Tudo é previsível , esperado , mas espero que a leitura funcione para você, mesmo que tenha me irritado mais do que agradado.⠀


divulgar

comentar

26 maio 2020

Resenha: A filha do Reich, Paulo Stucchi - Editora Jangada

A Filha do Reich - Livros na Amazon Brasil- 9788555391408




São Paulo é o centro da vida de Hugo Seemann: solteirão e focado no trabalho.Até que, um dia ele recebe a triste notícia do falecimento do seu pai e mesmo não sendo tão ligado assim, viaja para o Rio Grande do Sul para o enterro. Poucas coisas ele sabia sobre o pai: somente que ele foi um soldado alemão refugiado no Brasil. Mas, Hugo encontra uma carta endereçada e descobre da existência de vários segredos de Olaf. Um deles em que o pai pede para encontrar Mariele Goldberg e dar uma carta, além de jogar suas cinzas na Alemanha.

Aos poucos, Hugo vai descobrindo quem era seu pai, os crimes acometidos, o que viveu nos campos de concentração na Cracóvia.  Até que outra pessoa recebe uma carta para acompanhar Hugo nessa jornada e são perseguidos por alguém. Querendo descobrir a verdade sobre seu pai e o porquê estava sendo perseguido, Hugo vai para a Alemanha.

 Talvez fosse assim que o mal agia. Ele nos vencia pelo cansaço. Mostrava-nos que... poderiamos nos tornar ainda mais sanguinários, vis, capazes de atos terríveis.

Em busca de respostas, acompanhamos nosso protagonista em uma jornada perigosa. Afinal, teremos que descobrir fatos do passado e respostas para essa perseguição. O livro tem uma escrita fluida, que prende o leitor nesse mistério, além de ser permeado de fatos históricos. Confesso que me surpreendi ao começar a ler e depois ver que já tinha passado de 50% da leitura, de tão imersa que estava.

Uma trama que aborda as atrocidades acometidas pelos seres humanos em uma guerra tão turbulenta. Entrelaçando o presente e o passado, o perdão vai sendo mostrado como uma jornada de auto conhecimento. No final das contas, a ficção teve drama, romance e ação, caminhando sobre alguns fatos verossímeis e discutindo que mesmo os atos mais isolados, podem ter uma importância coletiva. Sem pontas soltas, o autor fecha com chave de ouro um enredo intrigante e surpreendente.


divulgar

1 comentário

23 maio 2020

A fantasia de Steven Spielberg: Amazing histories

"Amazing Stories" é uma antologia de fantasia do Steven Spielberg lançada pela Apple TV. Todas as histórias são independentes, ou seja, você pode escolher o episodio que quiser e tudo bem.A primeira temporada conta com 10 episodios. Segundo Spielberg, a ideia é :"outros mundos, pelas lentes de alguns dos mais criativos cineastas, diretores e roteiristas". A série tem um charme próprio e traz de volta a nostalgia de famosas produções do Spielberg, scifi e clichês unidos. 

O primeiro episodio, por exemplo, conta com (Dylan O’Brien) , vocês estão lembrados? Fez Teen Wolf, Maze Runner e nesse episodio gente , ele está tão incrível. É uma história arrebatadora. É uma história de amor em que os amantes são separados pelo tempo, exatamente 100 anos. Sam Taylor (Dylan O’Brien) é carpinteiro que está ajudando na reforma de uma casa antiga.Em uma tempestade, ele é transportado para 1919 e conhece Evelyn (Victoria Pedretti) , uma garota que vai se casar contra sua vontade para salvar a família. 


Se vocês não querem ser apegar a uma série, mas ao mesmo tempo estão dispostos a tentar se reconectar, indico demais AMAZING HISTORIES. Cada episodio, um narração diferente, uma conexão única com nossa realidade e uma fonte de esperança ,de certo modo. Torcendo para renovação. 




divulgar

comentar


Resenha: O Resto da História , Sarah Dressen


⠀ 🔸Emma Saylor perdeu sua mae quando tinha 10 anos.  Hoje, ela tenta normalmente, mas sente que falta pedaços de si. Depois de um verão decepcionante, Emma vai passar uns dias com a família de sua mae, que ela não vê desde os quatro anos. Aos 17 anos, Emma encontra sua avó, primos e tias, porém desconhece suas origens até que entende que precisa mergulha na vida de sua mãe para entender a si mesma. ⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀
❝ ... toda a minha vida eu me senti mais como uma observadora do que como uma participante ativa. Sempre no banco carona, não atrás do volante. Era mais seguro lá, mas também podia ser solitário, como eu estava percebendo agora. Talvez houvesse um meio termo entre viver muito intensamente e não viver. Talvez, aqui, eu estivesse encontrado esse equilíbrio .❞ ⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
📚Sarah Dessen tem uma escrita leve, fluida e encantadora. Seus personagens são cativantes, discutem temas importantes e ensinam com suas vidas. "O Resto da História" me surpreendeu em todos os âmbitos. Eu não esperava o quanto a jornada de autoconhecimento de Emma poderia também se tornar a minha. Fiquei tocada pela história tão emocionante e real. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀ 💭Afinal, quantas vezes desconhecemos nossas origens por perdas da vida, mas que com o tempo se tornam essenciais para nosso amadurecimento e crescimento. Tão leve quanto um YA poderia ser, tão apaixonante quanto a família de Emma Saylor e forte como as mulheres dessa genealogia. A protagonista teve uma segunda chance para se conhecer e espero de coração que essa jornada dela te contagie.

 Autora: Sarah Dressen 
Editora: HarperCollins Brasil
Nota:  4,5’


divulgar

comentar

17 maio 2020

QUOTES : AS TRES PARTES DE GRACE| ROBIN BENWAY | @grupoeditorialrecord | 💕



💭Boa tarde , leitores. Sabe aquele livro perfeito para marcar várias citações? Mais ainda quando fala sobre família, amor, perdão e reconstrução. Aí , essa autora ganhou meu coração por inteiro. Lembro da sensação ao terminar essa leitura: sorrisos estampados e coração aquecido. E voce? Já leu essa obra? Confere alguns quotes favoritados . ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

❝ - Você pode ficar com medo! - Birdie ainda estava gritando. - Será que não entende? É isso que acontece quando você ama alguém: a pessoa é corajosa quando você não consegue! Eu posso ser corajosa. Por você, por nós dois!❞.

❝ - E eu finalmente aprendi a andar de bicicleta, mas não deixava que eles tirassem as rodinhas porque eu gostava daquela sensação, sabe? Elas me salvavam todas as vezes. E foi assim que eu me senti com Grace e Maya. Como se eu estivesse caindo, mas, então, eu não estava mais. Elas estavam lá.❞

❝ - Sei que você não acredita nisso agora, sei que você talvez nunca acredite nisso, mas Mark e Linda são como essas rodinhas de bicicleta também. Isso que você descreveu? Isso é o que os pais fazem. Eles pegam você antes que você caia. É isso que uma família é.❞

 ❝Gostava de ficar sozinho, sem ninguém por perto. A solidão parecia uma opção dele dessa forma. Era mais fácil do que se sentir sozinho mesmo cercado de gente, que era como ele sempre se sentia quando o mundo começava a acordar, antes da realidade se assentar e o cobertor de neblina ser derretido pelo sol.❞ ⠀

❝E você precisa de alicerce se quiser construir coisas que durem. ❞


divulgar

comentar

15 maio 2020

Resenha: O diário de Nisha | Veera | @darksidebooks | 5’🌟 ⠀


A Índia está sendo dividida pela religião: hindus e muçulmanos conflitam o tempo todo. Esse conflito fez milhares de pessoas fugirem de suas casas para um lugar refugiado, um pouco mais seguro. Uma travessia perigosa, na qual Nisha e sua família terão que partir para o Paquistão. Através de um diário, a pequena de 12 anos escreve sua história e seus medos sobre uma época tão perturbadora.

❝Falar é assustador porque, quando as palavras são ditas, não podemos pegá-las de volta. Mas se você escreve as palavras e elas não ficam do jeito que você as quer, é possível apagá-las e começar de novo".❞

🔹Uma história que debate as diferenças sociais e étnicas. Além de discutir os detalhes do amor em uma cultura marcada por regras sociais e étnicas. Com um toque delicado, vemos o mundo como Nisha vê: uma casa antes segura com seu pai, sua avó e seu irmão; e posteriormente, o medo da morte e o terror da guerra.

❝Amil diz que é bom nos libertarmos dos britânicos, mas o que isso significa? Liberdade não é poder escolher onde se quer estar? ❞
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
💭O Diário de Nisha é lindo por fora, mas por dentro é sensível, tocante e valoriza os pequenos detalhes da vida. Ela questiona a intolerância, o porquê de suas diferenças e o ódio cultural. Mas, ela ensina que independente das étnias distintas, devemos priorizar o amor, não o ódio. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
💕Veera Hiranandani conquista o leitor através do olhar de uma criança. Com o relato do seu dia a dia é impossível não criar empatia. Foi possível viver uma época, uma cultura totalmente diferente da minha e um contexto social que me trouxe medo, tristeza, mas ainda sim, esperança. E só torço para que em tempos como esses, o respeito prevaleça e que o amor ao próximo seja forte o suficiente para trazer paz em tempos de guerra.


divulgar

comentar

11 maio 2020

Resenha:ELA PREFERE FINAIS FELIZES | Ricardo Couro | @planetadelivrosbrasil | 3,5🌟 ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🎸 Leco tem alma de um rockeiro dos anos 80. Ele adere até a um celular do passado. Bebe muito, tem alma de artista e quer ser famoso pela sua musica. Enquanto, Laila é uma veterinária, que perdeu sua avó querida e descobriu recentemente que seu noivo a traia. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 

🎸 Um dia, Leco é convidado para ir á “terra da garoa”, para tentar realizar seus sonhos. Logo, no primeiro dia na cidade, ele conhece Laila e é ai que a vida começa a mudar. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀


💬 Confesso que a capa me enganou bonito. Eu, apaixonada por romances, pensei que este seria fofo como o título. Porém, me enganei bonito. Na verdade, a história é uma construção de fatos da vida de Laila e Leco. Infelizmente, não consegui sentir empatia por Leco. Não gostei muito de suas atitudes, mas a Laila tem uma personalidade forte e cativante.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀"O amanhã não passa de uma suspeita que vivemos a confundir com certeza absoluta; e marcar nossos planos numa folha de calendário, por mais que a gente queira concretizá-los, não vai deixar o depois menos incerto."

💬 Mesmo sendo um bom clichê, mas nada sessão da tarde. Os personagens secundários conseguiram me fazer ficar surpresa com a informalidade e as personalidades nuas e cruas. Ou seja, a linguagem do livro pode ser um cheia de palavreados. Todavia, curti a leitura como um todo, mesmo com algumas coisas me incomodando.


divulgar

comentar

09 maio 2020

Resenha: Princesa de papel | Erin Watt | Editora Essência | 3,5’🌟 ⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
📖Ella Harper é acostumada a pagar as contas, a trabalhar para sustentar. Nunca teve uma vida muito normal, já que precisava cuidar da sua mae.Um dos seus sonhos era conseguir cursar uma faculdade. Mas, após a morte de sua mãe ela foi obrigada a se virar com o que podia até que Callum Royal, amigo de seu pai, que ela nunca conheceu aparece na sua vida disposto a tira-la dessa situação e  proporcionar um futuro. Porém, ela teria que se tornar uma Royal e conviver com seus cinco ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀ 
“Você deve saber que qualquer que seja o jogo que está jogando, você não pode vencer. Não contra todos nós. Se você for embora agora, você não será machucada. Se você ficar, nós vamos te quebrar tão profundamente que você vai precisar rastejar para ir embora.” ⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 

⠀⠀🔸Mesmo sua presença não sendo vista com bons olhos pelos Royals, essa garota consegue conquistar seu espaço e quem sabe encantar um bad boy. Só posso dizer uma coisa: essa história me dividiu. Me deixou frenética para termina-la, me deu raiva e me fez rir também. ⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 
⠀⠀”Princesa de Papel" é uma história viciante. Comecei a ler sem muitas expectativas , mas devorei rapidinho. Mesmo com algumas coisas me incomodando durante a leitura, mais com relação as ações dos personagens, ainda sim gostei. ⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀
📚Um enredo que aborda que ter riquezas não corresponde a ser feliz e isso é bem 
evidenciado pela protagonista. Com uma escrita simples, fluida e bem dinâmica,  OBS:Só não sabia que essa história era da Elle Kennedy e Jen Frederick.


divulgar

comentar


Resenha :Deixei meu Coração em Modo Avião | @asomadetodosafetos | @faroeditorial | 4,5’🌟

 ❝Deixei meu coração em modo avião e descobri que prezo mais um teto feito de estrelas que um céu cheio de preocupações.❞ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 
📝 Confesso que não conhecia a Fabíola, mas quando li as primeiras páginas, fiquei me perguntando : será que esse livro foi feito para mim? Sua escrita leve, sensível e simples conversa com o leitor. “ Deixei meu coração em Modo Avião” chegou no momento certo. Uma leitura que me proporcionou inúmeras reflexões acerca da vida e da importância que damos ao nosso dia. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀

📝 O livro é dividido em quatro partes e cada uma discute o que é essencial para nossa vida. Se as preocupações valem a pena mesmo. Fabíola Simões começou a escrever no seu blog : “A Soma De Todos Os Afetos", mas foi através do seu livro de crônicas, que a conheci quase todas as coisas sobre o amor, a vontade de agradar os outros, os recomeços da vida e outros temas . E querem uma dica? Pega seus post it ou algo para grifar as inúmeras frases que você vai querer que fique guardadinhas em você . ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
 📝 Um livro feito para mim, para ti e para todos que precisam ter mais amor próprio. Ser sua prioridade não é egoismo, é se valorizar. Mas, acima de tudo é mostrar para a vida , os momentos sao importantes e que o tempo é precioso demais para ser perdido com coisas desnecessárias . 
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 
❝Depois de algum tempo, você entende que precisa se agradar em primeiro lugar.❞ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀
❤️ Por isso, indico demais essa obra. Para ler aos poucos, para degustar, para devorar ou quem sabe deixar de lado, na cabeceira para quando precisar.


divulgar

comentar


Resenha: Garota Alemã | Armando Lucas Correa| @grupopensamento |5 ⭐'s ⠀ ⠀


Em 1939, Hannah Rosenthal é uma garota alemã de 12 anos, mas filha de judeus. Sua família antes era respeitada, vivia bem, hoje ela está sendo expulsa de seu lar. Para isso, Hannah e seus pais entrariam no navio que mudaria suas vidas. Em 2014, Anna tem 12 anos e vive apenas com sua mae, pois seu pai morreu no atentado em 2001. Todos os dias, a garota fala com seu pai, na verdade, com a única foto guardada dele. Com o sofrimento progressivo da sua mãe, talvez sua vida mude quando elas recebem um pacote enviado por Hannah Rosenthal, sua tia-avó. Será que a família pode renascer de uma tragédia?

💬 "Eu não tenho medo da morte. Que chegue a hora final, que tudo se apague e eu fique no escuro. Eu não tenho medo de me ver entre as nuvens, contemplando os que aqui ainda caminham em liberdade pela cidade. Morrer é como se a luz se apagasse, e com ela, todas as ilusões."

💬 A Garota Alemã tem um cenário dramático, cruel, honesto e essencial. Afinal, temos duas garotas, Hannah e Anna que tiveram suas vidas mudadas por uma guerra. Só queria dizer que essa ligação de 1939 ,2001 e 2014 foi tão algo tão desolador de ler. Nessa história temos um exemplo de duas pessoas que sofreram inocentemente um período histórico, mas quantas não vivenciaram ou continuam vivenciando guerras? Sendo distanciadas das pessoas que amam?

💬 O fato de ser baseado na história do transatlântico St. Louis, que partiu da Alemanha Nazista para Cuba já tinha me deixado curiosa demais. Afinal, em 1939, no auge do que seria a Segunda Guerra Mundial, salvar refugiados era uma tarefa árdua. E mais ainda com o governo cubano restringindo os emigrantes. ⠀ ⠀

A obra também conta com uma riqueza de detalhes: fotos, documentos e cartas, que nos permite vivenciar a história. Um romance histórico triste e tocante, para amantes de histórias com esse pano de fundo de guerras. E no final das contas, perceberemos eu estamos sujeitos a perder alguém, a passar por situações incomuns, mas que podem nos fazer amadurecer. E que erros marcam gerações e que , de fato, tornam-se parte das nossas vidas.


divulgar

comentar


Resenha: Os porões da Antártida| @poroesdaantartida | 4’ 🌟

⠀ ⠀
A Antártica é desconhecida por muitos, mas ninguém sabe que ela é dotada de alta tecnologia.Enquanto a África é ocupada por uma diversidade de povos e culturas. Existe neste país uma caverna milenar, na Etiópia, no qual vive uma comunidade excêntrica por suas crenças.

Todavia, na Cidade de Cratera Nevada,na Antártica, um velejador encontra-se duvidoso quanto ao sequestro e assassinato de atletas por um feiticeiro desse reino africano. Essa ligação entre dois extremos é o que nos leva a uma história cheia de magia, mitos, fantasia e ficção cientifica.

Confesso que a leitura foi lenta, gradativamente fui tentando entender os detalhes da trama criada e tive uma certa dificuldade devido a quantidade de descrições e personagens. Talvez isso tenha me incomodado um pouco. Quando preciso parar mais a leitura, para dar um tempo nas informações.


“ Preciso alertá-lo. Essa cidade jamais viu um humano sapiens em sua existência. Você é o primeiro.Não encare as pessoas, se elas sorrirem pra você, retribua. Aqui, o estranho é você.”

Porém, o autor construiu muito bem toda a mitologia em torno dessa ligação da África e da Antártica, nos levando a refletir sobre amor, perdas e o mundo ao nosso redor. Por assim dizer uma leitura bem desafiante. ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀


divulgar

comentar


Resenha : Oblivion Song – Entre dois mundos |Robert Kirkman |@intrinseca | 4,5’

 ⠀

▪️Uma dimensão nova surgiu , cheia de monstros e o cientista NATHAN tenta resgatar os sobreviventes a todo custo. Entre dois mundos é a continuação da HQ Oblivion Song, no qual Nathan continua os desafios em Oblivion. ⠀ ⠀

Alguns acontecimentos surpreendem nesse volume. Personagens são resgatamos, mas agora tem outra questão: como sobreviver no mundo normal depois de sobreviver a Oblivion. E posso dizer que devorei esse quadrinho e gostei do trabalho com que o autor e o ilustrador tiveram, mostrando as emoções dos personagens e dando a impressão do cenário perturbador . ⠀

Agora vejo que essa é nossa sina. A maldição que carregamos não pode ser quebrada. Agora que esse mal foi liberado. Não há mais como contê-lo. Não há como fugir.” ⠀ ⠀

📖A ficção científica é complexa, na cheia de conflitos humanos e tensão das duas dimensões. Li em uma sentada os dois volumes, mas mal posso esperar pelo terceiro volume . Obrigada @sistersbookaholic pela recomendação 🥰


divulgar

comentar


Resenha : Garotas Tristes | @langleav | @globoalt | 4🌟's



O último ano do colégio promete ser o melhor possível, mas para Audrey, Lucy e Candela tudo muda depois do suicídio de Ana, uma colega. Porém, nem tudo é tão simples como você pensa e Audrey esconde um segredo sobre essa morte e isso define sua vida. Lidando com culpa, medo, ansiedade, Audrey conhece Rad. Será que ela conseguirá sobreviver a esse amor com todas as consequências que a rodeiam?

❝Pois eu não tenho dúvida de que minha vida e a vida das minhas duas melhores amigas teriam sido diferentes se aquela noite nunca tivesse acontecido.❞

Confesso que primeiramente o que me atraiu foi o título. Quando comecei a ler, foi como o fluir de uma poesia. Triste, provocador e sensível. Logo no inicio temos uma personagem que está tentando viver com seus erros, mas não consegue.

O que você faria no lugar de Audrey? Se soubesse quem foi o responsável pela morte da colega de classe? O retrato da ansiedade no livro foi o que mais me emocionou. Além da sororidade, garotas apoiando outras garotas. Mesmo com algumas ressalvas no desfecho, eu curti a leitura.

Garotas Tristes é uma história sombria, mas que aborda assuntos que muitos jovens passam:ansiedade, abuso de drogas, suicídio e segredos. Lang Leav mostra as facetas do amor. Ele pode ser bonito, mas pode partir nosso coração. E que algumas decisões que tomamos pode não so nos afetar, mas afetar outras pessoas. Este livro foi melhor do que imaginei, mesmo com um final sem redenção.


divulgar

comentar


Resenha:Big Rock 🔞| Lauren Blakely| @faroeditorial|4’🌟


⠀
Spencer é conhecido como galã na cidade e sabe bem como conquistar uma, levando seus atributos em conta. Porém, ele precisará ajudar o seu pai a fechar um grande negocio na joalheria. Terá que se passar por bom moço, então diz que está noivo e pede a sua melhor amiga, Charlotte para fingir. Sócios, amigos desde a faculdade e com uma amizade bem consolidada, eles só não esperavam o que podia acontecer devido ao fingimento. ⠀ ⠀


💬 Comecei a ler Lauren Blakely pelos últimos livros publicados pela Faro Editorial e confesso que gostei muito da fluidez da sua escrita e dos clichês hot’s. Mesmo sendo uma história que eu já imaginava o final, ou seja, romance entre melhores amigos, ainda sim foi uma leitura divertida e cheia de momentos quentes.


⠀
📚Outro ponto que gostei muito foi fato de Spencer não medir suas palavras, falar o que sente e da autoconfiança, ainda mais quando se trata de amizade. Sinceridade é algo importante. E quando a Charlotte , sua audácia me surpreendia muito, além da autenticidade.


⠀ 💕É uma leitura rápida, gostosinha e mesmo tendo fogo, consegue ler leve para o gênero. Big Rock é para quem não se importa com cenas calientes, personagens sem papas na língua e um bom clichê para dias nublados.


divulgar

comentar

04 maio 2020

Resenha: Desencontros a beira mar | Jill Mansell| @editoraarqueiro | 4,5’ 🌟 ⠀ ⠀ ⠀

💕Clemency perdeu sua passagem no aeroporto e só por isso ela sente que muita coisa dará errada nesse dia.Sendo a última a embarcar. Ao seu lado tem um homem que não quer conversa, todavia ela derruba vinho nele e a partir disso começa uma conversa boa. Algo os conecta, mas quando ele dá o cartão de contato a Clemency, ela percebe que esse dia poderia sim, ser pior: ele é casado. Depois de três anos, Clemency vive em St Cary, trabalhando como agente imobiliária. Até que sua irmã postiça aparece na cidade e está à procura de uma casa com seu namorado novo, que é ninguém menos que o cara do avião do passado. Para “equilibrar” sua vida, ela pede ao seu chefe e amigo para ser seu namorado de mentirinha. Será que essa trama secreta dará certo?

📖A história é tão fluida, tão cativante e relata os desencontros amorosos à medida que vamos conhecendo mais a fundo a vida dos personagens, principalmente a Clem e sua busca por amor. Apesar de ter sentido falta do aprofundamento de alguns personagens, ainda sim adorei o enredo. O fato de ser um clichê palpável, divertido e cheio de confusões, suspiros e risos do inicio ao fim.

❝Quando duas pessoas se gostavam, um pouco de deslocamento entre cidades podia ser necessário na equação.❞ ⠀


O livro faz parte dos “Romances de hoje ” , novo selo da Editora Arqueiro, pois aborda relações familiares, amorosas, nosso cotidiano da forma mais real possível. Um enredo que não foca tanto no romance, mas que enfatiza a luta diária da mulher, sua busca por um final feliz, mesmo que a vida muitas vezes não contribua para seus desejos.


❝Às vezes, só às vezes, você decide que não gosta de alguém, mas a pessoa acaba surpreendendo e se mostrando um milhão de vezes mais legal do que você imaginava.❞

🌊 Desencontros à Beira-Mar é leve, charmoso, cheia de humor e mulheres modernas. Uma história que nos ensina que a vida é feita de desencontros, porém ela também pode dar um jeitinho de colocar tudo no lugar certo no tempo devido.


divulgar

comentar

03 maio 2020

Texto: Colo


Sempre me disseram que eu poderia ter quase tudo o que quisesse. O “quase” dependeria da minha força de vontade, da dedicação e esforço. Porém, isso tudo foi relacionado a meu futuro acadêmico. Nada se referia ao amor. Afinal, ensinar amor é como jogar xadrez: você pode arriscar tudo para ganhar ou perder, mas nunca se sabe o que vai acontecer.

Já arrisquei das duas formas: em uma, tive esperança demais que a garota quieta, nerd finalmente conseguiu gostar tanto de alguém para se arriscar. Deu errado, o coração foi pisoteado tantas vezes que mal sobrou pedaços para colar. Sendo assim, me conformei que perdi não so  a habilidade de amar, como também a vontade de fazer algo que eu amo: escrever.

Há meses não escrevia com meu próprio coração. Hoje, no virar da madrugada, digito na penumbra algo que encheu meu coração: amor. Vivi uma experiência de alguns minutos, mas que se tornaram uma lembrança memorável e quem sabe uma futura vivencia antes negligenciada.

Ao ter no meu colo, um garoto de 5 anos adormecido filho de um amigo , senti um calor no peito e um anseio louco que foi sempre odiado por mim: filhos. Uma garota como eu não deveria pensar assim, mas não pensei tanto quando a cabeça do garotinho descansou sobre meu ombro. Não pensei também quando coloquei uma toalha embaixo da sua cabeça para que as aventuras de velocidade no carro não o machucassem. Tambem não pensei quando depois de acordado, ele quis voltar para mim.

Te pergunto: ter filho é assim? Um pedaço seu que sempre te emociona quando visto? Um amor que não precisa de palavras para ser demonstrado? Um cuidado que vai além do comum? Um afagar de cabeça quando se está cansado. Um ombro para descansar e quem sabe chorar quando as coisas estão difíceis. Um sorriso companheiro quando se é entendido.

Não vivi isso por muito tempo. Mas, senti. Senti o pouco que me foi dado e não me mexi.  Fiquei quietinha, afaguei, acalentei,quis fechar os olhos para descansar, mas abri para cuidar. Depois disso, meu coração aqueceu. Passei uma parte do dia observando a interação de um pai com um filho. Absorvi aquilo e  quis transbordar em um lugar só meu com uma memória de algo desejável, de um amor compartilhado com um pedaço meu.



divulgar

comentar


Resenha: Uma luz no outono | Carrie Elks| @veruseditora| 5’🌟 ⠀ ⠀



🌷Juliet deixou o marido depois de ser traída e se mudou com sua filha, Poppy, para um novo lar. Sendo assim, tentando ser uma mulher independente, ela abre seu próprio negócio: uma floricultura. No papel, ainda está casada. Mas, sua vida é uma complicação, já que seu ex-marido não a deixa em paz. ⠀ ⠀

Um novo vizinho se muda para a casa ao lado de Juliet. Ryan só passará um ano na cidade com seu filho. Logo, Juliet e Ryan não estão a procura do amor, mas o cupido não precisa lançar uma flecha para esses dois. Será que essa amizade será permanente?
⠀ ⠀
🌺Como eu não li nada da Carrie Elks antes,eu estou completamente apaixonada na sua escrita. Essa história é tão divertida, vibrante e gostosa como o outono. Com personagens amáveis e bem construídos. Mesmo sendo o quarto livro da série, apresentando as irmãs Shakespeare, não tive nenhum problema por não ter lido os anteriores.
❝ Vou te mandar flores todos os dias se isso fizer você perceber.
- Perceber o que ?
- Que você vale a pena. Que você vale tudo. Mais do que toda a porcaria com a qual você tem lidado há anos.voce é um prêmio, Londres, e eu vou lutar com tudo o que tenho até te conquistar .❞ ⠀


 ⠀ ⠀
💕O carisma de Juliet está no fato de ser uma mulher forte, mas não perceber isso. Cuidar da sua filha é seu objetivo de vida, mesmo seu ex-marido querendo tornar sua vida um inferno, a fazendo infeliz. Enquanto Ryan tem meu amor todinho. Que homem apaixonante ! Ama seu filho, o coloca como prioridade e não se importa de se meter em algumas problemas por alguém que ama. Sério, gente ! EU ESTOU APAIXONADA POR ELE.
📖Já disse que amei esse livro? A Carrie Elks tem um talento para nos fazer suspirar,sofrer e torcer pelos personagens. Desenvolveu uma historia realista, com conflitos palpáveis e um enredo delicioso em todos os sentidos. Essa autora tem uma nova fã e agora vou correr para ler os outros. ⠀


divulgar

comentar

02 maio 2020

Resenha: As outras pessoas | C.J. Tudor | @intrinseca | 4,5’ ⠀



Empolgante, misterioso e surpreendente . ⠀
📖Gabe está tão cansado de procurar sua filha. Por onde ele passa, ele deixa folhetos sobre a filha desaparecida, mesmo ela sendo considerada morta pela polícia. Um dia ele ficou preso no transito a caminho de sua casa, até que percebe que no carro á sua frente,uma garotinha parecida com sua filha acena do banco de trás.Ele tem certeza de que ela está sendo sequestrada por alguém. Então, tenta seguir o carro, mas perde seu bem precioso de vista. Depois de 3 anos buscando a verdade sobre a sua filha, esse homem já está fadigado, mas não perde as esperanças que a viu, mas ninguém acredita nele.
🔹Confesso que essa foi minha primeira experiencia com a C.J.Tudor e não posso deixar de dizer o quanto eu estava presa a história.Eu queria desvendar, encontrar respostas e criar teorias para esse livro.Mesmo me sentindo confusa de inicio, pude interligar os pontos e sentir a explosão das revelações. ⠀

O que você faria no lugar de Cabe? A sensação é assustadora, não é mesmo? A narrativa se passa entre passado e presente, com dois pontos de vista e por mais que pareça que a história de três pessoas não se conectam, percebemos que a medida que a trama segue, ela se enlaça. Gabe, cuja mulher e filha foram assassinadas, mas ele acredita que sua filha está viva. Enquanto, Fran foge com sua filha de alguém e Katie é a garçonete de um restaurante que o Gabe frequenta, mas ela sente-se ameaçada pela vida que tem em casa. ⠀ ⠀

Com muitas reviravoltas, personagens intrigantes e revelações finais de nos deixar de bocas abertas. A obra conta com elementos sobrenaturais, algo que nunca cheguei a ler em um suspense. Mas, que de certa forma encaixaram com a história e com o desfecho final. Mesmo tendo uma ressalva quanto a isso.
⠀ ⠀
📖Uma trama sobre vingança, perdas e luto. AS OUTRAS PESSOAS tem uma escrita fluida, com personagens bem construídos cujas tramas são bem desenvolvidas. Sobre consequências dos nossos atos e o perigo da vingança.⤵️


divulgar

comentar


Revirando o báu: J.A. Redmeski


📚Boa tarde , gente ! Como vocês estão ? Faz algum tempo que eu estava pensando como trazer novamente os primeiros livros que li no inicio do #bookstagram e pensei em fazer uma sessão por semana para relembrar algumas obras e autores.

🔹 Voces conhecem a J.A.Redmeski? Lembro da sensação ao ler”Entre o agora e o nunca”, um New Adult que mexeu muito comigo. ⠀ ⠀

Voce sabe o que é um New Adult? É uma historia que acontece na passagem da juventude para a fase adulta.Abordando as inseguranças, medos, desejos e responsabilidades da vida, entre outros. Apaixonante na sua escrita, com uma trama diferenciada, muita intensidade e uma dose de mistério. A continuação da duologia foi tão boa quanto: Entre o agora e o sempre também ficou no meu coração. ⠀

“(…) se permita chorar, tá?
Uma das piores sensações do mundo é ser incapaz de chorar, e ela acaba…
deixando tudo mais sombrio”. ( Entre o agora e o nunca). ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀
🔸Ela também escreveu a trilogia Na Companhia dos Assassinos. Um romance obscuro com uma boa carga emocional. Na qual relata abuso, violencia e escravidão.
O livro traz uma dura realidade que pouco foi mostrada até hoje nas obras de ficção, atraves da vida de Sarai. A historia só melhora e surpreende com o desfecho. Se voce gosta de um bom romance, mas cheio de ação, mortes e cenas fortes, indico essa opção de leitura. Confira os livros da série, porém os dois últimos ainda não foram publicados aqui no Brasil. ⠀

1.A morte de Sarai
2.O retorno de Izabel
3.O cisne e o Chacal
4. Seeds Of Iniquity
5. The Black Wolf


divulgar

comentar