• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
31 maio 2015

Resenha : Cinderela Pop, Paula Pimenta


Cinderela Pop

Título: Cinderela Pop
Autora: Paula Pimenta
Editora: Galera Record
Ano: 2015
Páginas: 160
Sinopse : Nesta versão estendida do super conto de Paula Pimenta no Livro das Princesas, Cinderela é reinventada. Cintia é uma princesa dos dias atuais: antenada, com opiniões próprias, decidida e adora música! Mas a garota vê seu cotidiano virar de cabeça para baixo depois da separação dos pais: vai morar com a tia, se afasta do pai e, principalmente, deixa de acreditar no amor. Até que um encontro inesperado e revelador a faz rever as próprias escolhas – havia mesmo um belo príncipe em sua história, e tudo que ele mais queria era descongelar o coração da nossa gata (nada) borralheira!

Depois da Princesa Adormecida, Paula Pimenta Vai contar a história da DJ Cinderela ou Cíntia, que, para quem se lembra , participa de outro livro da autora. Cíntia é uma adolescente que está em uma fase difícil da sua vida, pois viu sua mãe passar por uma decepção amorosa com a grande traição do seu pai. Sua mãe é uma arqueóloga que depois do acontecido e da separação, mudou- se para o Japão e vive viajando. E o pai...? Bem, a relação dele e é Cintia não está tão boa, devido a madrastra e suas duas meias- irmãs . 

“Como se fossem quadrinhos em preto e branco, a animação contava a história de uma princesinha que, em vez de sapato alto, usava All Star, pois seus pés doíam muito se calçasse outro tipo de sapato. Um dia, ela conheceu um príncipe. E a vida dela ficou colorida.”

Cintia passa a morar com sua tia Helena, desenhista e mais jovem , que não liga em ficar sempre ao lado de sua sobrinha. Logo, Cintia arranja um emprego como DJ, porém com alguns limites. Em um de seus trabalhos a noite, Cintia descobre que participará da festa das “bruxinhas” de 15 anos ou as filhas da madrasta, e será nessa festa que ela conhecera um príncipe fofo que não vai descansar até descobrir mais sobre ela. 

“Você sabe o que penso sobre o amor. Simplesmente não existe, é uma coisa que os filmes e livros colocam na cabeça das pessoas e todo mundo sai acreditando, desejando tanto que aconteça, que acaba se apaixonando pelo primeiro ser humano que passa pela frente, simplesmente porque a pessoa sorri, ou é educada, ou…”

Mas, nem tudo é conto de fadas e nada será fácil para fazer esse casal se reencontrar. Não, com uma madrastra chata e má que fará de tudo para Cintia não ver seu príncipe.

160 páginas de pura fofura e confusão desse conto de fadas atual. A Paula Pimenta tem aquele jeito lindo e leve de escrever e deixar a história bem melhor do que jamais foi. Ansiando pelos próximos livros dessa série de princesas.

 NOTA:  ★★


divulgar

1 comentário


Comentário(s) pelo Facebook:

Um comentário:

  1. Olha que legal, ótimo saber que a Cinderela não ficará mais apenas em filmes de animação, estou adorando essa nova faze a Cinderela.
    Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

    ResponderExcluir