• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
15 dezembro 2017

Resenha: Quando a Bela domou a Fera - Eloisa James




Título: Quando a Bela Domou a Fera 
Série: Contos de fada
Autora: Eloisa James 
Editora: Arqueiro 
Páginas: 320
Ano: 2017

Sinopse: Eleito um dos dez melhores romances de 2011 pelo Library Journal, "Quando a Bela domou a Fera" é uma releitura de um dos contos de fadas mais adorados de todos os tempos. Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher. Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas. No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?
  
Sabe aquela releitura gostosa e com um toque diferente de "A Bela e a Fera"? Definitivamente, esse livro entrou para a lista de melhores romances de época que eu li esse ano.

Piers Yelverton é o conde de Marchant, um médico inteligente, manco e com uum humor nada agradável, mais conhecido como “A Fera”. Seu pai, pensando no futuro da família, encontra uma noiva para seu filho, todavia a missão não é nada fácil, visto que Piers tem um temperamento horrível e consegue fazer temer qualquer pessoa . 

"Os lábios dele eram como conhaque, como um veneno que desceu por suas costas e roubou seu ar."

Porém, a bela noiva é Linnet, que é muito parecida com ele: possui um gênio forte, inteligente e que não é bem vista pela sociedade. Mas, esse jeitinho da Fera não será o suficiente para intimida-la. Entao, imagina só: duas pessoas com gênios parecidos, muitas provocações e flerte.

Esse é aquele romance de época com um bom drama: uma moça com a reputação destruída, um moço com um gênio forte , relacionamentos familiares turbulentes e muito romance.  Confesso que a escrita da Eloisa me fez devorar as paginas, rir e amar esses dois personagens e suas provocações. Afinal, adoro personagens com senso de humor sarcástico e uma história viciante.

A narrativa de Quando A Bela Domou A Fera tem a capacidade de conquistar pelos diálogos divertidos entre os personagens e o humor que se faz presente . As personalidades de Linnet e Piers são altamente combináveis e resultam em muita diversão.

"Um médico totalmente maluco e uma beldade terrivelmente conivente, mancando juntos rumo a uma vida de felicidade? Duvido muito. Você tem lido contos de fadas demais."

Outro fator que me fez amar esse livro foi a união de A Bela e a Fera e House. A ousadia de combinar um conto que eu amo e um personagem que sou fã desde o inicio da série. Mal posso esperar para conhecer as outras obras da série de Contos de Fadas, que traz as releituras de Cinderela, O Patinho Feio, A Princesa e a Ervilha e Rapunzel, livros independentes entre si .


Nota:★(4,5/5)


divulgar

comentar

10 dezembro 2017

Resenha: Histórias de Meu Romeu - Leisa Rayven


⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Lembro que adorei os livros da trilogia Meu Romeu, Minha Julieta e Coração Perverso e por isso, não poderia deixar de ler Histórias de Meu Romeu. Uma continuação que mata um pouquinho da saudade desses personagens 🌹🔥. O livro é divido em três contos, focando em cada um dos casais.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
“ Com certeza somos mais inteiros juntos do que jamais fomos separados “.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Em Desejos de Natal, Cassie e Ethan estão juntos e felizes após a separação que passaram, porém um passado coloca a prova toda essa felicidade. 
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Em Lista de safadezas, Elissa e Liam farão uma viagem juntos. Liam quer fazer uma surpresa a sua noiva, então o destino é segredo, mas todos serão surpreendidos pelo que está por vir.

 ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Em excitante Ano-Novo, Angel e Josh estão longe um do outro. Josh enfrenta uma crise de insegurança e ciúmes por Angel. Para isso, Josh decide mudar um pouco seu visual, mas ele entenderá que amor não vê aparências.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Eu amei rever os personagens, mas meu conto favorito foi Desejos de Natal, muito divertido e fofinho na medida certa.Um spin-of que traz histórias mais quentes e cheias de amor e diversão desses casais . 


Nota:★(4/5)
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀




divulgar

comentar

09 dezembro 2017

Resenha: Tipos Incomuns, Tom Hanks









Título: Tipos Incomuns
Autor: Tom Hanks
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Páginas: 352
Sinopse:Um affaire agitado e divertido entre dois grandes amigos. Um ator medíocre que se torna uma estrela e se vê em meio à frenética viagem de divulgação de um filme. O colunista de uma cidadezinha com um ponto de vista antiquado sobre o mundo. Uma mulher se adaptando à vida na nova vizinhança após o divórcio. Quatro amigos e sua viagem de ida e volta à Lua num foguete construído num fundo de quintal.
Essas são apenas algumas das pessoas e situações que Tom Hanks explora em sua primeira obra de ficção. Os contos têm algo em comum: em todos, uma máquina de escrever desempenha um papel — às vezes menor, às vezes central.
Conhecido por sua sensibilidade como ator, Hanks traz essa característica para sua escrita. Ora extravagante, ora comovente, ocasionalmente melancólico, Tipos incomuns deleitará e surpreenderá seus milhões de fãs.

*LIVRO CEDIDO EM PARCERIA COM A EDITORA ARQUEIRO


Tipos incomuns, do famoso ator e roteirista Tom Hanks, reunirá uma seleção de contos: historias que com muito humor, tem em comum a máquina de escrever, o maior hobby de tom Hanks . Seus contos conduzem o leitor a mergulhar nas vidas dos personagens e com singularidade entender a vida humana.
  
A leitura é fluida e já me ganhou no comecinho com o conto Véspera de natal de 1953: os apaixonados Virgil e Del e seus filhos esperam a chegada do papai noel, sendo mostrado o companheirismo do filho mais velho em ensinar a sua irmã mais nova sobre as tradições e a mágica do Natal.

Em Três semanas Exaustivas, temos um conto divertido e que tentei não rir, mas foi impossível: Anna é uma mulher controladora além do normal, até com seu namorado, fazendo da vida dele uma agenda planejada do seu querer. Porém, o que parecia ser um castigo eterno, é relevado em um final surpreendente e cheios de motivos.

“Sim, eu tinha uma namorada. Uma namorada transforma um homem desde os sapatos que ele usa para praticar exercícios até o corte de cabelo. (...) Enganado pela adrenalina do romance, corri mais longe do que o meu corpo podia suportar.”

Todas as histórias de Tom Hanks retratam a vida humana e suas facetas. Desde um pai amoroso a um sufista em plenas dificuldades.  Tipos Incomuns conta com uma sensibilidade,humor, excentricidade, melancolia e uma variedade de adjetivos que definem cada conto e ao mesmo tempo revelam os segredos das relações pessoais.

“Era uma máquina de escrever, embora não se parecesse com nenhuma que Bette já tivesse visto. Era antiga, algo da era vitoriana, um aparelho de impressão mecânica com martelos se arqueando sobre o papel enrolado no cilindro. Paul bateu numa tecla cinco vez – toc toc toc toc toc -, adicionou uma gota de óleo às alavancas internas da máquina de escrever repetiu o processo.”

Tom Hanks me tirou das histórias completas e me colocou frente a realidade incompleta do nosso dia a dia. Já que muitas vezes não conseguimos realizar tudo o que planejamos para nossa rotina, somos desviados dela e muitas vezes nos surpreendemos no caminho ou aprendemos para o futuro.

A diagramação é simples, contando com retratos de máquinas de escrever da coleção do próprio autor. A capa define bem o amor pelas máquinas de escrever e a escrita incomum e real do autor. Recomendo o livro para você, que quer sair da rotina, ler um conto por vez ou todo dia, se divertir e refletir a partir da melancolia. E se rimou, não é minha intenção hoje em dia.


Nota:★(4/5)


divulgar

comentar

06 dezembro 2017

Resenha: Corte de Asas e Ruína , Sarah J. Maas


Respira e não pira. Meu coração ainda está a mil depois de dias da leitura desse livro. Não estava nem um pouco preparada para tudo o que aconteceu, para as emoções que senti, o aperto no peito e o quão envolvida estava na leitura.
High Lord and Lady of the Night Court by Charlie Bowater (aka one of my all-time favorite pieces of Feyre/Rhys fanart!!)

Querida Sarah J.Maas, você fez uma obra prima de fantasia. O amadurecimento dos personagens é nítido, principalmente o da Feyre: uma loba impossível de controlar. Meu Rhys, que desejo fortemente que exista de verdade. Afinal, posso ter um pouco de inveja desse relacionamento de parceria dos dois? O casamento mais foda dos livros, uma lealdade sem tamanho e o amor que transborda das páginas e chega ao leitor.


Meu povo, nesse livro você encontrará de tudo: vingança, atos de coragem, alianças, batalhas, vários casais a shippar e muita, mas muita inspiração nos personagens maravilhosos. Um mundo mágico a descobrir e a se aventurar.

 “ - E você virá comigo? Nessa aventura e em todas as outras?”⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
“ - Sempre.".
  
Uma leitura que dispensa comentários de quão maravilhosa e eletrizante é. São 682 que passam voando e quando você terminar, vai desejar reler tudo mais um vez. Com certeza, minha autora preferida de fantasia da vida é essa mulher, que arrebatou meu coração mais uma vez. Na verdade, deixou em pedaços mesmo, porque já quero o próximo livro, independente de quem narre, só quero mais de Prythian. Sofri, chorei e continuo amando a escrita da Sarah. Os: não te esquecerei , meu amor, Rhys.

 🌟“Noite Triunfante e a Eternidade de Estrelas. Se ele era a escuridão doce e aterrorizante, eu era a luz reluzente...” ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Aqui temos um romance liríco, sensual e companheiro. Sem mimimi, sem clichês. Apenas sendo quem são, nunca colocando máscaras para brincar de mocinhos ou viloes. Outros personagens também nos conquistam, revelações viram à tona e casais serão formados. A escrita da Sarah é enlouquecedora, nos trazendo para dentro de todas as cenas e enriquecida de detalhes. São tantas cenas de batalha, que é impossível você não sentir que está lá, ao lado de Feyre e Rhys, lutando pela sua causa. Medo,  desespero, coragem e saudade definem meus últimos sentimentos quando estava terminando esse livro. E meu Grão-Senhor da Corte Noturna, Rhysand, meu crush que arrancou vários suspiros e muito amor ...


👑“Lembre-se de que você é uma loba. E não pode ser enjaulada." ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Pelo Caldeirão!Preciso de mais palavras para te convencer a ler essa fantasia? Intenso, grandioso e brilhante. “Corte de Asas e Ruína” é uma despedida inesquecível da Feyre, nossa Grã-Senhora mais foda ,mas fica a dica: ainda terá outros livros, só não com ela como protagonista.

"Se ele era a escuridão doce e aterrorizante, eu era a luz crescente que apenas as sombras podiam fazer existir."



divulgar

comentar

01 dezembro 2017

Resenha: Tudo junto e misturado, Ann Brashares










Título: Tudo junto e misturado
Autora: Ann Brashares
Editora Seguinte
Páginas: 336
                                                                          Ano:2017
Sinopse: Sasha e Ray sempre passam o verão na velha casa de férias da família. Desde pequenos, os dois dividiram muitas coisas — leram os mesmos livros, correram pela mesma praia, comeram pêssegos colhidos na mesma fazenda, tomaram café da manhã sentados à mesma mesa. Até dormiram na mesma cama, mas nunca ao mesmo tempo. Afinal, eles jamais se encontraram.

O pai de Sasha um dia foi casado com a mãe de Ray, e juntos tiveram três filhas: Emma, Quinn e Mattie. Mas o casamento acabou, deixando para trás apenas rancor e ressentimentos. Os dois casaram de novo e formaram novas famílias, mas nenhuma delas pretende desistir da casa de praia, muito menos compartilhá-la. Até este verão. As vidas de Sasha e Ray estão prestes a se cruzar — e, com tudo junto e misturado, as famílias vão mudar para sempre.
 ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O livro contará a história de Sasha, a filha de Robert e Evie, e Ray, filho de Lila e Adam. Mesmo, sendo filhos de pais diferentes, eles estão ligados pelas três irmãs mais velhas:Emma, Quinn e Mattie, do casamento anterior de Robert e Lila. Apesar de parecerem estar próximos , Sasha e Ray nunca se encontraram por causa dos ressentimentos entre Robert e Lila, que se esforçam para se evitar quando são forçados a interagir. 
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Sasha e Ray nasceram com duas semanas de intervalo, mesmo vivendo no mesmo quarto em uma casa de praia durante todo os seus 17 anos , alternando sempre as semanas.Eles nunca se conheceram, a não ser pelos seus livros,hobby e alguns detalhes nos seus quartos, porém suas vidas irão se cruzar.

Nessa família, segredos ameaçam um desastre completo. Ray e Sasha terão que lidar com a dificuldade de reunir a família , mesmo com tantas desavenças.  Mas, o quão complicado será ter família desestruturada?

O livro é muito mais do que a premissa. Ler tantas perspectivas e conhecer tantos personagens me fez mergulhar nessa família e conhecer o que afeta cada membro dela. A escrita é simples, fluida e fácil. A autora aborda temas familiares, como : divorcio, amizade, amor, culpa, arrependimento.Eu gostei das interações entre os personagens, dos dialogos e realmente senti a dificuldade em viver numa familia desestruturada, através das emoções de Ray e Sasha, a maneira como interagiam com os outros e seus relacionamentos. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀
“Tudo Junto e Misturado" é uma história interessante e real sobre família e seus problemas, sobre perdas e amor, também levando em conta o preconceito. Ann Brashares com certeza escreveu um livro cativante e tão familiar quanto poderia ser. Super recomendado para quem esteja interessado em algo mais dramático e cheio de reflexões. 

Nota:★(4/5)



divulgar

1 comentário

29 novembro 2017

Resenha:A (R)evolução das Mulheres, Mindy McGinnis

Autora:Mindy McGinnis
Ano: 2017
Páginas: 344 
Editora: Plataforma21
Sinopse: Três anos se passaram desde o assassinato da irmã mais velha de Alex Craft. Mas, como é de costume, a culpa sempre recai sobre a vítima e o assassino segue sua vida em liberdade.

Alex é uma menina forte e quer vingar sua irmã. Por isso, ela resolve atacar qualquer predador sexual que cruzar seu caminho e colocar a boca no mundo, usando a linguagem que conhece melhor: a linguagem da violência.Mas o que aconteceu na noite do assassinato chama a atenção de Jack Fisher, o cara invejado por todos: atleta perfeito, que desfila de braço dado com a garota mais cobiçada. Ele deseja conhecer Alex profundamente. E, numa cidade pequena, onde todo mundo se conhece, esse repentino interesse vai desencadear uma série de crimes bárbaros.

Uma narrativa vibrante com cenas de grande impacto, A (r)evolução das mulheres é uma reflexão profunda sobre os abusos e estereótipos, que tiram a humanidade das mulheres. Mindy McGinnis nos mostra que as agressões perseguem a vida não só das vítimas, mas também daqueles que estão próximos a elas.


Alex Craft é conhecida na cidade como "a irmã da Anna": a garota que foi vítima de crime sexual. Jack, o cara popular da escola anseia conseguir uma bolsa de estudos para sair da cidade . Efepe é a filha do pastor , que trabalha com Alex e está sofrendo por um término de namoro.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Alex tem uma vida cinza: melancolica, cheia de vingança e dor. Efepê e Jack , aos poucos, ficam amigos de Alex, trazendo um pouco de cor a sua vida tão solitária . Porém, ninguém percebe que Alex Craft esconde algo grande e que pode afetar a vida de todos .
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Ainda ressentida pela morte de sua irmã ,Alex se esforça para vier normalmente, todavia algo sombrio cresce dentro dela. Alex deseja vinganca e ao fazer algo tão esperado por ela, percebe que alguns atos não tem volta e sua escuridão pode se alastrar...
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A (R)evolução das Mulheres é um livro original, que deveria ser leitura obrigatória frente à sociedade patriarcal e machista que vivemos.  Mindy McGinnis aborda temas polêmicos e que precisam ser discutidos : abuso sexual, violência física e verbal e feminismo. Uma história misteriosa , intrigante e viciante .
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Essa não foi uma leitura comum, ela é intensa e forte. Os personagens tem varias camadas e serão retratados em situações complicadas. Um YA poderoso e singular, no qual é retratado a realidade que muitas mulheres passam todos os dias: piadinhas sobre seu corpo, humilhação é culpa. Enfatizando um estigma que nós, mulheres, ainda somos vítimas frágeis e estamos sujeitas a qualquer ato ou palavra obscena .
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O livro é um soco no estomago, somos levados  a questionar muitas das ações que fizeram os personagens agir de tal forma. Não é um livro fácil de ler. É pesado.É intenso. É poderoso ver as mulheres no espelho da sociedade e olhar os reflexos a partir disso.

Nota:★(4,5/5)



divulgar

comentar

23 novembro 2017

Resenha:Trago seu amor de volta sem pedir nada em troca, Ique Carvalho




Título: Trago seu amor de volta sem pedir nada em troca
Autor: Ique Carvalho
Editora: Sextante
Ano: 2017
Páginas: 240
Sinopse: A vida de Ique Carvalho era tranquila e parecida com a de muitos jovens de Belo Horizonte, sua cidade natal. Ele morava com os pais e os irmãos, era apaixonado pela namorada e trabalhava na agência de publicidade da qual era sócio. Suas impressões sobre o cotidiano iam para o blog The Love Code, onde podia dar vazão ao seu talento para escrever. Até que, em 2013, dois fatos fizeram tudo virar de ponta-cabeça. Na mesma semana, seu namoro teve um fim traumático e o pai recebeu o diagnóstico de uma doença degenerativa grave, que o mataria aos poucos. Sem chão e em meio a um turbilhão, foi no blog que encontrou refúgio para expressar seus sentimentos. Os textos fortes e genuínos acabaram viralizando, popularizando o site e dando a Ique milhares de fãs e seguidores. Suas palavras possuem o incrível dom de ser, ao mesmo tempo, simples e profundamente verdadeiras, traduzindo o que há de mais puro e desejável no amor. Essa mesma capacidade de causar impacto e despertar as emoções dos leitores permeia as reflexões tocantes de Trago seu amor de volta, seu aguardado segundo livro solo. Ique mais uma vez demonstra sua vocação única como cronista do amor em todas as suas expressões.

Trago seu amor de volta sem pedir nada em troca é o segundo livro de crônicas do Ique Carvalho, publicado pela Editora Sextante, que coloca seus sentimentos nos seus textos e que me emocionou ao relatar seu amor pelo seu pai e sobre amor entre homem e mulher.

A escrita de Ique é profunda, tocante e cheia de sentimentos.É possível sentir tudo o que é lido, ao retratar suas conversas com o pai, os cuidados coma doença que o pai tinha e o relacionamento com sua mae. 
“O que é o amor?
O amor não é uma pergunta.
É a resposta para tudo.”


Algumas crônicas são divertidas, arrancam sorrisos, outras deixam o coração apertado e ameaçam com lágrimas nos olhos. Eu fiquei muito emocionada com as crônicas a respeito do pai de Ique,do quão bonito e incrível é o amor entre eles, nos grandes gestos e nos pequenos. As crônicas também falam sobre seus relacionamentos amorosos: questionando o amor, rindo de algumas situações e super identificáveis na vida. Aquele amor que não é só de relacionamento, mas de afeto, de carinho, de amizade e respeito.

A edição do livro está linda. Depois de cada crônica, há uma ilustração e uma frase impactante do texto anterior. Além disso, o livro também conta com uma trilha sonora.

Para os românticos de plantão, para os amantes persistentes, para os filhos e para todos que acreditam no verdadeiro e puro amor, estes textos tocaram seu coração e você transbordará sentimento.


Nota:★(4,5/5)




divulgar

comentar