• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
30 outubro 2015

Texto: Tentativas em vão


sobre-a-ansiedade

Há alguns meses tenho lutado para não pensar tanto em você. Tenho tentado encontrar outros meios para me distrair, mas tudo sempre volta para uma dorzinha que aperta meu peito , deixando as marcas que seu nomes traz a minha lembrança. 

Quando eu pensava em você, confrontei de frente minha saudade: do teu abraço, dos teus beijos, da sua voz e até do modo como seu corpo de alinhava ao meu.
Tentei todos os dias não ceder. Não ligar, não mandar mensagens perguntando se estava bem ou querendo dizer só que: "eu amo você, muito sabe?" E lá vai, dedos que apagam rapidamente antes que meu coração me faça perder a cabeça .

De uns dias para cá, tenho tentado aceitar que perdi a batalha. Lutar contra isso para que? Porque? Não posso continuar amando você? Na maior intensidade tenho sentido isso e mais um pouco. Aquela sensação insaciável de querer estar perto , de querer viver com você no repeat. Como frear isso?

Daí eu lembro que continuo apaixonada mesmo sem querer, contra minha vontade. porque coração não faz o que a cabeça manda e pronto. Eu tentei, não é? Esquecer. Mudar. Superar. Não deu, não dará por algum tempo mais. Não me leve a mal , mas sou mais feliz quando estou com você, mesmo na distância dos nossos corpos. E continuo, tentando, perdida nas palavras toda vez que tento me encontrar em você.




divulgar

1 comentário


Comentário(s) pelo Facebook:

Um comentário:

  1. Parabéns Bia, como sempre você manda super bem nos textos. Te admiro muito, sou sua fã!
    -beijos, Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir