• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
22 junho 2017

Resenha:Em um bosque muito escuro - Ruth Ware

Autora: Ruth Ware

Editora: Rocco

Páginas: 288

Ano: 2016
Gênero: suspense, policial
 Sinopse: A britânica Ruth Ware alcançou as listas dos mais vendidos do The New York Times, USA Today e Los Angeles Times com este surpreendente romance de estreia que chega ao Brasil pela coleção de suspense Luz Negra. Em um bosque muito escuro é narrado por uma escritora reclusa que aceita o convite para a despedida de solteira de uma amiga de escola com a qual não tinha contato há anos. Quarenta e oito horas depois de chegar ao local da festa, uma casa de campo isolada, ela desperta numa cama de hospital, com a devastadora certeza de que alguém está morto. E mais do que tentar lembrar o que aconteceu no fatídico fim de semana, precisa descobrir o que fez. Com uma atmosfera inquietante, em que segredos do passado são revelados aos poucos e as relações se constroem pelo entrelaçamento de admiração, carinho, inveja e ressentimentos, Ruth Ware entrega um thriller arrebatador, que não à toa a colocou entre os principais nomes do novo suspense feminino, como Paula Hawkins e Gillian Flynn. Em um bosque muito escuro será adaptado para o cinema por Reese Whiterspoon.

Recebi de uma troca no skoob esse suspense que promete uma boa trama pelo título bem sugestivo.Em um bosque muito escuro contará a história de Nora, uma escritora de 26 anos que mora sozinha e leva sua vida monotoma em Londres. Em um certo dia, ela recebe um e-mail de uma Flo,até então uma estranha que a  convida para participar de uma despedida de solteira de sua  ex-amiga, Clare,  que ela não vê a 10 anos, que acontecerá em um final de semana e em outra cidade.
A casa fica em um bosque mal ilumanado, além de ser de vidro.Então , imagina aquele casarão de Crepúsculo + um grupo de desconhecidos =  tire suas próprias conclusões.

O livro é narrado em primeira pessoa e os capítulos alternados entre passado e presente, onde Nora está no hospital sem lembrar o que aconteceu horas atrás e alguns fatos do passado. A narrativa é boa, porém a leitura foi tornando-se previsível ou sou uma detetive muito boa, porque de tudo eu desconfiava e desacreditava. É um bom thriller de suspense, te faz ficar curioso, mas da metade do livro para o final , algumas cenas são forçadas e não tem explicação plausível.

O livro será adaptado para o cinema e espero que ele seja melhor do que o livro, dando imprevisibilidade e alimentando mais a curiosidade.

Nota: ★★★ (3/5)




divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário