• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
02 janeiro 2016

Resenha: Joao e Maria, Neil Gaiman


João e Maria  

Título: João e Maria
Autor :Neil Gaiman
Ilustrador: Lorenzo Mattotti
Editora: Intrínseca
Páginas:  56
Sinopse: O prestigiado escritor Neil Gaiman e o brilhante ilustrador Lorenzo Mattotti se encontram para recontar o clássico João e Maria. Familiar como um sonho e perturbador como um pesadelo, o conto narra a saga de dois irmãos que, em tempos de crise e falta de esperança, são abandonados pelos próprios pais e precisam enfrentar com coragem os perigos de uma floresta sombria.Em um texto poético, Gaiman revive a tradição dos contos de fada, dando profundidade à aventura dos irmãos, mas sem abandonar a autenticidade e o talento único de mesclar realismo e fantasia que o transformaram em um dos maiores autores de sua geração. Mattotti, por sua vez, dá um ar inteiramente novo ao clássico. Seus traços criam um jogo de luz e sombra, permitindo que o leitor desvende aos poucos a imagem, assim como os segredos da história de João e Maria.


Era uma vez ... Em uma terra longínqua , um casal pobre que vivia pelo meio da floresta e tinha dois filhos: João e Maria. O pai, lenhador, já não conseguia mais sustentar sua família. A fome e a falta de recursos fizeram com que os pais decidissem abandonar seus dois filhos no meio da floresta, largados a própria sorte e pedindo para que alguém bom os alimentasse e cuidasse destes.

Perdidos, João e Maria tentaram achar o caminho de volta, mas acabaram encontrando uma casa feita de pão de mel, onde morava uma velhinha que os alimentou até que ambos estivessem exaustos.Todavia, quando acordaram, João estava enjaulado e maria foi aprisionada ao pé da mesa , servindo de escrava para a velhinha com cara de inocente, que pretendia engordar João e assa-lo.

A história famosa dos Irmãos Grimm conquistou muitos, porem na releitura deste clássico, Neil Gaiman capricha e assusta ao mesmo tempo. A edição feita pela Editora Intrínseca é de delirar meus olhinhos, com uma vibe macabra e em preto e branco, com uma parte extra no final nos informando das transformações que essa historia passou ao longo do tempo.

— Ainda assim, crianças — disse ela — vocês me dão esperança. Acho que sua vinda é sinal de boa sorte. Talvez tenhamos carne de novo."

 O conto de João e Maria não é um dos meus favoritos, mas pela versão do Gaiman pude gostar um pouco mais. Esquecemos que as crianças não são mais inocentes e estão cientes do mundo a sua volta, o amadurecimento dos personagens e a vivencia que é mudada pela fome, guerra.

 Conforme Neil: "Acho que se você for protegido de coisas obscuras, não terá nenhuma defesa ou entendimento sobre elas quando elas aparecerem. Acho muito importante mostrar coisas obscuras às crianças. Também para mostrar a elas que coisas obscuras podem ser derrotadas."

Neil mostra que o conto deve ser lido para as crianças para que estas aprendam a lidar com o medo, abandono, trabalho infantil e diversos temas que os pais muitas vezes negligenciam. Ensinando-as a coragem e esperteza.

Nota : 


divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário