• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
05 abril 2016

Notícias: série Objetos cortantes


 
      “A adaptação para a televisão de Objetos Cortantes escrito por Gillian Flynn (mesma autora de Garota Exemplar), baseada em seu romance de estréia em 2006, será produzida pela HBO. A série já possui 8 episódios garantidos e quem irá interpretar a personagem principal será Amy Adams.
Marti Noxon, co-criador da série UnReal, escreveu o roteiro piloto e atuará como produtor executivo. A autora também irá escrever alguns dos scripts. Jean-Marc Vallée que dirigiu filmes como “Livre” e “Clube de Compras Dallas” irá dirigir todos os oito episódios e co-editar a série.
      O livro conta a história da repórter Camille Preaker, que retorna à sua cidade natal para investigar os assassinatos de duas garotas pré-adolescentes, após ter passado um tempo em uma instituição psiquiátrica. Além de precisar lidar com seus próprios distúrbios emocionais, Camille precisa conviver com a mãe hipocondríaca e a meia-irmã que mal conhece.
 A série ainda não tem previsão de estréia.”




divulgar

1 comentário


Comentário(s) pelo Facebook:

Um comentário:

  1. Será uma série muito emocionante! Minissérie Objetos cortantes estreou no domingo na HBO. Produção é inspirada em livro homônimo de Gillian Flynn. No primeiro episódio, Objetos cortantes vai aos poucos inserindo a história, que envolve tanto o mistério dos assassinatos quanto o mistério envolvendo o passado de Camille, uma mulher receosa da mãe, assombrada pelos fantasmas do passado que envolvem a morte de uma irmã, viciada em bebidas alcoólicas e também em automutilação. Mesmo assim, isso não torna a série lenta. Pelo contrário, ao entregar pouco, a produção faz com que o espectador queira seguir nessa história, que promete muitas reviravoltas. Visualmente, Objetos cortantes também é muito interessante. As cores extremamente fortes das cenas contrastam com a atmosfera de mistério que envolve a história. Outro ponto alto são os debates que a minissérie vai abordar como a relação entre mãe e a filha e, claro, a automutilação, algo que atormenta a vida da protagonista.

    ResponderExcluir