• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
30 agosto 2016

Resenha:Aos meus filhos - As últimas cartas de um pai

Aos Meus Filhos
Livro: Aos meus filhos - As últimas cartas de um pai
Autor: Mark M. Weber
Editora: Planeta
Páginas: 268
Ano: 2013
Sinopse: Um homem no auge de sua carreira, prestes a assumir um importante cargo no Exército americano. Um pai de família, com uma esposa que é sua melhor amiga e três filhos pequenos. Tudo parecia bem na vida de Mark M. Weber, até que ele recebeu um terrível diagnóstico: um câncer gastrointestinal arrasador. Diante dessa notícia, qualquer pessoa teria mil razões para se sentir deprimida, para achar que nada mais vale a pena. Mas não Mark. Um guerreiro nato e persistente, ele decidiu lutar contra com todas as suas forças. E mais do que isso: preocupado em não estar presente na vida de seus filhos nos anos seguintes, resolveu escrever a eles uma série de cartas, cheias de lições sobre coragem e medo, palavras e ações, orgulho e humildade, seriedade e bom humor. “Aos meus filhos” é um testemunho apaixonado de um pai e a emocionante história de vida de um homem, que vai deixar uma marca no coração não apenas de seus filhos, mas de cada um dos leitores, inspirando a todos a construir uma vida melhor. 

Nunca fui muito fã de biografias. Aprecio todo o objetivo do escritor, se este merecer e inspirar os outros atraves de sua historia. Mas, dessa vez, gostei sim e fiquei muito satisfeita com a leitura da #MLI2016

" Na maioria dos casos, sorte e azar têm muito a ver com trabalho duro, mas às vezes o acaso acaba de envolvendo na história. Como é que um homem de 38 anos de idade, saudável e que fazia exercícios, comia direito, não fumava e quase nunca bebia acaba com câncer? Não é justo."

Mark estava no auge de sua carreira no Exército americano, quando ao fazer exames de rotina para partir em uma nova missao no Afeganistao, recebeu o diagnóstico de um câncer gastrointestinal violento. Casado e com 3 filhos, Mark decidiu lutar contra a doença como um verdadeiro soldado que era.  Preocupado com sua futura partida, ele decidiu escrever uma série de cartas com muitas lições sobre coragem, medo, humildade ,entre outros.
" Muitas vezes, em uma vida boa, você vai rir até chorar. E muitas vezes você vai chorar até rir. No final, rir e chorar são como primos, e não desconhecidos. É desse jeito que os seres humanos honestos respondem a uma vida na qual se permitem amar, e minha esperança é que vocês tenham muitas lágrimas ao longo da vida, e de todos os tipos."
Diferente de mim, que caio com a doença e nao me levanto até me sentir melhor; Mark é um verdadeiro soldado e como este suportava a dor, insistia em se cuidar sozinho e permanecer o melhor possivel, sempre de bom humor. 

Todavia, o câncer é um processo doloroso, pelas fotos nao percebe-se a devastação da doença. Mark fala sobre tudo: sua infancia, sua familia, seus medos, a época do exercito, ou seja, sua vida sem segredos. O livro dedicado a sua esposa e filhos mostra todos os detalhes do diagnóstico, seu trabalho depois do cancer. E através de historias pessoais, ele compartilha momentos inesquecíveis para que seus filhos lembrem e assimilem a pessoa que ele foi.

Por mais que biografia nao sejam meu forte em leitura, por vezes parei e voltava, pois a historia de Weber é grande demais e alguns detalhes, principalmente do exercito tornavam-se chatos para mim. Todavia, continua sendo uma inspiração á luta e toca de forma surpreendente a mensagem que ele deixa para os filhos : o que deixamos depois de partir? Mark deixou todos os pensamentos dele, até o ultimo momento de vida. E voce? O que deixará quando se for?


divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário