• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
15 novembro 2017

Resenha:Depois daquela montanha - Charles Martin


Título: Depois Daquela Montanha

Autor: Charles Martin
Editora: Arqueiro
Páginas: 304
Ano: 2017
* Livro cedido em parceria com a Editora Arqueiro
SinopseO Dr. Ben Payne acordou na neve. Flocos sobre os cílios. Vento cortante na pele. Dor aguda nas costelas toda vez que respirava fundo. Teve flashes do que havia acontecido. Luzes piscavam no painel do avião. Ele estava conversando com o piloto. O piloto. Ataque cardíaco, sem dúvida. Mas havia uma mulher também – Ashley, ele se lembra. Encontrou-a. Ombro deslocado. Perna quebrada. Agora eles estão sozinhos, isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Como sair dali e, ainda mais complicado, como tirar Ashley daquele lugar sem agravar seu estado? À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que, se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele. Cada vez mais um se torna o grande apoio e a maior motivação do outro. E, se há dúvidas de que possam sobreviver, uma certeza eles têm: nada jamais será igual em suas vidas.

Sabe aquele livro que te deixa perturbada, que faz você ficar com falta de ar, estar na pele dos personagens e viver seus dilemas? Foi exatamente como me senti ao ler DEPOIS DAQUELA MONTANHA.

Ben Payne é um médico ortopedista, que está voltando para casa depois de participar de palestras. Ele está no saguão do aeroporto, aguardando seu voo e fazendo registros no seu gravador quando conhece Ashley, uma jornalista que está para se casar. Devido a uma mudança no tempo, alguns voos estão cancelados e atrasados. Ben e Ashley pretendem chegar em casa o mais rápido possível, para isso Ben decide fretar um voo particular do experiente piloto Grover.

Lembrando que Ashley também estava com pressa, ele a convida para dividirem esse voo para chegarem aos seus destinos. Todavia, o pior acontece. Grover, o piloto, sofre um ataque cardíaco a 3.500 metros de altitude. O avião cai e com a morte do piloto, Ben e Ashley estão sozinhos há milhas de distancia nas montanhas geladas.

Feridos, sem suprimentos e em meio a altas e geladas montanhas, Ben e Ashley terão que lutar pela sobrevivência. A luta desesperada pela vida tem início.Segredos, vivencias e histórias serão compartilhadas por ambos, um vinculo que nunca será esquecido.

-Quando o pior é uma possibilidade, é bom mantê-lo em perspectiva. Sem que a gente se esconda dele. Sem fugir. Ele pode acontecer. E, se e quando acontecer, é melhor ter pensado nele de antemão. Desse jeito, a pessoa não é esmigalhada quando o pior se torna realidade.”

Depois Daquela Montanha é uma história que foi além do esperado.É um convite único para refletir e superar limites. A narrativa sufocante e perturbadora, faz o leitor sentir os traumas do acidente nas montanhas, fechar os olhos para cada situação desesperado e querer dar forças para os personagens principais.

Um dos pontos positivos do livro, foi o autor ter detalhado essa história, já que era necessário o leitor ficar a par de toda a circunstancia de sobrevivência. Fato que poderia ser um ponto negativo, mas não houve excesso de detalhes, que não dificultou em maneira nenhuma a leitura, só a enriqueceu. Além disso, a construção dos personagens mostrou as habilidades do autor em nos apresentar aos poucos quem são essas pessoas e como estão lidando com tudo que está acontecendo. Muito real, muito intenso e muito tocante.

O livro é narrado por Ben, que emociona o leitor ao descrever os momentos que passa e o de onde tirou força para salvar a si e a Ashley que está completamente dependente. Alternando entre presente e flashbacks do passado, podemos conhecemos quem é Bem e o quão profundo é suas dores. Admito que quando Bem se declarava através de seu pequeno gravador, meu coração ficava na mão e logo eu estava marcando mil quotes do livro.

Ashley é uma personagem admirável demais. Ela não se faz de vitima, de coitada pela situação que passa. Ela é forte, corajosa e encontra forças, lidando com humor no momento mais difícil de sua vida. Em meio a fome e ao intenso frio, traz conforto através de suas tiradas sarcásticas bem pontuadas e sua sinceridade.

"E então aconteceu algo que nos rachou e nos despedaçou. Deixou-nos “desarticulados, em estilhaços. Alguns de nós se quebram em cem pedaços. Outros, em 10 mil. Alguns cacos têm contornos com contrastes nítidos. Outros, matizes esmaecidos de cinza. Há quem descubra que lhe faltam pedaços. Outros, que têm cacos além da conta.”

Embora toda a história se desenvolva com dois personagens e em uma montanha, enfatizo que a leitura é flui rapidamente e a curiosidade só aumenta para saber o que poderá acontecer em seguida.  E com isso, é impossível não sofrer com Ben e Ashley, e torcer para que passem por todas essas dificuldades físicas e emocionais. Quanto ao desfecho, eu nunca imaginaria o que o autor faria. Nunca mesmo.

Confesso que  precisei reler o final e um filme se passou na minha cabeça, desde o começo da trama até aquele momento. Não tenho palavras suficientes para descrever minhas emoções ao ler esta obra: surpreendente, emocionante,  reflexiva e avassaladora.

“A escuridão faz isso. Dá voz a medos que permaneceriam não ditos, apesar de reais, se os deixássemos sossegados.”

DEPOIS DAQUELA MONTANHA não é apenas um romance, é um livro que aborda sobrevivência , fé, esperança, força e amor pela vida. Uma história sobre segundas chances, recomeços e luta pelo amor.  Já agradeço de antemão a  Editora Arqueiro  pela edição maravilhosa, com uma diagramação simples e precisa. Lembrando que a adaptação do livro trará Kate Winslet e Idris Elba nos papéis de Ashley e Ben. 

Sensível, inspirador e grandioso. Depois Daquela Montanha é uma leitura super indicadada para quem ama histórias de sobrevivência, que fogem do clichê romântico, contando com uma primorosa construção dos personagens e seu autoconhecimento nessa jornada.


Nota:★(4,5/5)




divulgar

1 comentário


Comentário(s) pelo Facebook:

Um comentário:

  1. Maravilhosa historia, amei muito o trabalho de elenco. Idris Elba esta impecável tambem no filme A Torre Negra. Ele sempre surpreende com os seus papeis, pois se mete de cabeça nas suas atuações e contagia profundamente a todos com as suas emoções. Adoro porque sua atuação não é forçada em absoluto. Suas expressões faciais, movimentos, a maneira como chora, ri, ama, tudo parece puramente genuíno.Ancho que este é umo dos melhores filme de Idris Elba é bom, porque tem muitos fãs que como eu se sentem atraídos por cada estréia cinematográfica que tem o seu nome exibição. Além, acho que a sua participação neste filme.

    ResponderExcluir