• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
18 setembro 2014

Resenha: Filme - O Doador de Memórias



O filme O Doador de Memórias conta a história de um mundo perfeito, no qual todos são felizes, porém tudo é mesmice. Nenhum sentimento, nenhuma emoção. Tudo planejado e certinho. Quando Jonas faz 16 anos ele é escolhido na cerimônia para ser o recebedor de memorias. Ele entra em treinamento com um velho homem, O Doador. 

Jonas aprende todas as coisas boas da vida: a cor, a alegria, o amor, a amizade, mas também aprende sobre dor, tristeza, guerra e todas as dificuldades do mundo real, logo ele percebe o quanto sua comunidade vive uma farsa. O quanto da vida lhe foi roubado. Jonas confronta sua realidade e vai em busca da vida real, dos sentimentos e emoções para que as pessoas ali sintam o que estão perdendo e no que estão errando.

o-doador-de-memorias
O livro “O Doador de Memórias” foi uma das primeiras distopias, o qual ainda não o li. Fui primeiro assistir ao filme, mas já estava na minha lista de próximas leituras para já ! Meryl Streep está no elenco como a chefe dos anciões para que as regras sejam cumpridas.

 O elenco de “The Giver” é incrível. O filme trabalha com atores jovens e promissores: Brenton Thwaites, Cameron Monaghan ,Odeya Rush; Alexander Skarsgård, Meryl Streep,Jeff Bridges, Katie Holmes, Taylor Swift,etc.


Você consegue imaginar como seria sua vida sem sentimentos? Sem saber o que existiu no passado ou sem entender o que é amor, um lar, uma verdadeira família? Jonas, o Recebedor de Memórias vai entender como é sentir, viver e ver de uma forma diferente de todos na sua comunidade.

Ao assistir o filme ontem(17) sai do cinema mais leve, com uma sensação boa e ao ir pra casa fiquei olhando o céu, tentando não entender porque o mundo é uma ambiguidade de valores, dor, amor, alegrias, sofrimentos. Uma coisa legal do filme é que ele começa em preto e branco, dando mais enfase a mesmice e a monotonia da sociedade, e aos poucos a cor vai aparecendo.

Nas barreiras que vivemos, nos momentos de tormento, angústia, em um mundo cheio de guerras, também existe amor, cultura, pessoas diferentes e lindas ao seu modo, sentimentos e emoções capazes de fazer seu coração vibrar e sorrir para a imensidão das coisas.A luta pela vida e pelo que se acredita também são retratados no filme. Cada pessoa, seja ela com cor diferente, tradições diferentes, fé distintas, todas temos um papel, todos temos importância em uma sociedade que ainda que seja “democrática”, vivemos livres para sentir.

Ficou curioso? Estão vai logo assistir ao filme !

Ordinary Human”,  OneRepublic.




divulgar

1 comentário


Comentário(s) pelo Facebook:

Um comentário:

  1. Olá, Bia
    Tudo bem?
    Parece ser ótimo, adorei a dica. Preciso assistir logo logo!!
    Beijos*-*
    Território das Garotas

    ResponderExcluir