• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
31 agosto 2015

Resenha: Filme O Pequeno Príncipe

Titulo: O Pequeno Príncipe
Estreia: 20/08/2015
Gênero: AnimaçãoFantasia
Duração: 108 min.
Origem: França
Direção: Mark Osborne
Distribuidor: Paris Filmes
Classificação: Livre
Ano: 2015
Sinopse: Uma menina aplicada e dedicada aos estudos começa a receber cartas de seu vizinho, um senhor solitário. Nessas páginas é contada a história de um piloto que cai no deserto do Saara. Lá, ele conhece um garoto, um pequeno príncipe vindo de outro planeta. Ao contar sua história para o piloto, o menino o ajuda a refletir sobre vários assuntos e embarcam numa grande aventura.




"O essencial é invisível aos olhos, e só se pode ver com o coração."

O filme conta a historia de uma menina que não tinha nenhum amigo e apos ser recusada para entrar em uma escola de renome. Então ela e sua mãe se mudam para mais perto dessa escola para terem uma nova chance, mas para isso ela terá que ficar sozinha todos os dia pois sua mãe precisa trabalhar e só chega a noite. Sua mãe bola um cronograma com todas as suas atividades diárias até alcançar a vida adulta.

Assim q ela chega na casa nova é deixa sozinha, após escutar um barulho na casa ao lado vai ver o q é. Para sua surpresa uma hélice atinge sua casa e por pouco não a acerta. E assim descobre q tem um vizinho maluco, com uma casa q destoa das demais, toda colorida e abarrotada de coisas desnecessárias.

Enquanto ela está estudando seu vizinho a envia um avião de papel com uma historia de um piloto q se perde no deserto e encontra um príncipe que mora no asteroide B 612 e lhe pede para desenhar um carneiro. Curiosa para descobrir o final da historia ela vai ate a casa de seu vizinho, que assim como ela era bem solitário e eles acabam se tornando amigos e vivem as maiores aventuras, até q algo inesperado acontece e muda a vida deles.

" Isso mesmo, disse a raposa. Para mim, não passas, por enquanto, de um rapazinho em tudo igual a cem mil rapazinhos. E eu não preciso de ti e tu não precisas de mim. Para ti não passo de uma raposa igual a cem mil raposas. Mas, se me cativares, precisaremos um do outro. Serás para mim único no mundo. Serei única no mundo para ti..."

Não li o livro e não tinha muito interesse em assistir ao filme, pensei que era uma historia boba e que não ira gostar, mas estava completamente enganada. O filme coloca de maneira leve temas que nos emocionam e fazem refletir com mais atenção na forma como vivemos nossa vida. 

Muitas vezes na correria do dia a dia, com esse mundo que nos exige tanto, com essa historia de seguir um padrão, não nos damos conta do que é necessário, do que realmente importa para nossa vida e para sermos felizes.

"O problema não é crescer- diz o aviador. É esquecer."

"As pessoa grande não compreendem nada sozinhas,e é cansativo para as crianças estar a toda hora explicando."

A vida é passageira e precisamos lembrar de como eramos mais leves quando criança. Ser adulto traz muita responsabilidade, mas não podemos esquecer o que importava para nós quando éramos crianças, afinal coisas importantes podem ser bem simples como: um sorriso, um abraço, compartilhar momentos com quem amamos.

A felicidade não está em receber presentes, usar roupas de marca, ter fama e dinheiro como muita gente pensa. Ela está em nós, no nosso coração, na maneira como sentimos e enxergamos o que nos rodeia. Depende da forma como vemos, se com os olhos e o tato ou com o nosso coração e emoção. Temos q ser menos racionais e escutarmos nossa alma. A vida só preto no branco não faz ninguém feliz, ela tem q ter um colorido no meio. 

No decorrer do filme encontramos pessoas vaidosas, egoístas, interesseiras e tomadas pela ganancia. O que não difere da realidade em que vivemos, pessoas que só pensam no lucro e não se importam com a qualidade de vida do outro. Nós deixamos de nos importar. Quando amamos somos vaidosos e egoístas e depois nos perguntamos o que fizemos de errado. Chegamos ao ponto de não reconhecermos o amor.

"Tu olharas, de noite, as estrelas. Onde eu moro é muito pequeno. para que possa te mostrar onde se encontra a minha. É melhos assim. Minha estrela será então qualquer das estrelas... Quando olhares o céu de noite, porque habitarei numa delas estarei rindo, então será como  se todas as estrelas te rissem! E tu terás estrelas que sabem sorrir!"

Nós ficamos tristes por perder alguém q amamos ou quando um amigo tem que ir embora, mas temos que lembrar que o amor é maior q isso e que através desse amor nunca estamos só.

"Foi o tempo que perdeste com tua rosa que fez tua rosa tão importante."

O filme é simples, mas a mensagem que ele passa é tão incrível. A história é linda, muito fofa e cheia de reflexões. São ensinamentos para a vida toda. Ele não é um filme para criança, ele é para qualquer ser humano que respire, todo mundo devia assisti-lo. Precisamos ver mais com os olhos do coração, deixarmo-nos levar pela emoção e dar valor ao que importa de verdade, o qual não conseguiríamos viver sem. Temos que ser adultos por fora e criança no coração, não devemos nunca esquecer disso. Depois de tanto elogio nem preciso dizer que amei. Filme recomendadíssimo, ganhou meu coração e se tornou favorito.

"Corremos o risco de chorar um pouco se nos deixamos cativar".


NOTA: ★ ★ ★ ★ ★ 


divulgar

4 comentários


Comentário(s) pelo Facebook:

4 comentários:

  1. Quero tanto ver esse filme *.*
    Adorei a resenha e fiquei ainda com mais vontade de o assistir!!

    Adorei o seu blog e já estou a seguir :)

    beijos,
    Daniela RC
    Blogue: Doce Sonhadora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, fico muito feliz.
      O filme é ótimo, assista.
      Beijos

      Excluir
  2. Acabei de chegar do cinema e vim ler sua resenha pela segunda vez. Na primeira me fez ter vontade de ler e agora me lembra o porque eu tive essa vontade. O filme é realmente incrível, passei mais da metade dele com vontade de chorar e aquele aperto no coração por estar vendo o que esta acontecendo no mundo hoje, mas ignoramos. Realmente, todos deveriam assistir. Também não li o livro e já estou querendo correr para comprar um, deve ser tão incrível quanto o filme!
    Parabéns pela resenha, adorei <3
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Fico feliz que tenha gostado :) .
    O Filme é realmente muito lindo, também pretendo ler o livro.
    Beijo.

    ResponderExcluir