• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
22 agosto 2015

Resenha: Na porta ao lado, Luiza Trigo

Na-porta-ao-lado
Titulo: Na porta ao lado #2
Autora : Luiza Trigo
Editora: Rocco – Rocco Jovens Leitores
Páginas: 256
Ano: 2015
Sinopse: A Carol tem mania de fazer listas. Escreve sobre tudo: livros favoritos, melhores momentos das férias, músicas prediletas, frustrações… Mas nunca pensou que registraria em suas listas novidades tão surpreendentes: o casamento de sua mãe com o namorado; a mudança da casa onde viveu por 15 anos e guardava as memórias do pai; a vida sob o mesmo teto que o padrasto e seu filho insuportável. Gente, total inferno! Mas a Carol conta com o apoio das suas quatro amigas – Bia, Pri, Amanda e Beta –, com as quais pode desabafar e se divertir. Vocês bem sabem como elas são boas nisso, né?! E se o clima em casa está ruim, ainda bem que na escola não acontece o mesmo, principalmente depois da chegada de um novo aluno que irá mexer com o seu coração. 

Ao ler meus 15 anos, pude voltar no tempo e viver de novos os meus próprios 15 anos e os dramas que me cercaram, assim como a Bia no livro. Continuando a história, Na porta ao lado a história foi mais forte. A Carol é a protagonista da vez. Ela ama ler, sua cor favorita é azul e é louca por listas. Então, já virei amiga dela só por essas três coisas que temos em comum até agora.

"Enquanto a Amanda tagarelava sobre o Igor, eu meio que desliguei. Sorria para ela, mas o sorriso era na verdade por estar ali com as meninas novamente, no primeiro dia de aula no Ensino Médio, começando uma nova etapa, com novos desafios, mais estudos e o chefão da última fase: o vestibular. Se bem que não sei se gosto de tanta novidade. Talvez fosse melhor estar tranquila no colégio, para conseguir enfrentar tudo o que está acontecendo lá em casa."

 O livro infanto-juvenil  retratará a simplicidade e os dramas de adolescentes, entre elas, a Carol, que vai se mudar da casa que viveu desde criança, onde guardava as memórias de seu pai; e agora viverá sob o mesmo teto com o padrasto e seu filho (maldito).Sua mãe irá casar e ela não aceita isso muito bem, mas conta com o apoio de suas amigas - Bia, Pri, Amanda e Roberta. Se o clima em casa não está muito bom, suas amigas serão seu porto seguro para desabafar e se divertir.

Porém, a escola parece mudar e um novo garoto chegará a mexer com seu coração. A luly escreveu uma história tão fofa, que não pude deixar de pensar que cheguei a viver as indecisões que a Carol teve com relação aos garotos.

Além da capa e diagramação maravilhosa, o livro conta com várias referencias a livros, séries e músicas que me fizeram correr para conhecer. A Carol me surpreendeu um pouco com suas atitudes, mas lembro que também tive essa fase e ri em alguns momentos. Fiquei dividida por Bernardo x Tomás, e até agora não tenho um favorito.

Ler o livro da Luly é como recordar de sua adolescência( se você tiver mais 18 anos, como eu ) e isso me fazia sorrir de uma ponta á outra, me divertindo como nunca. Uma história que fará você valorizar suas amizades e aproveitar a vida da melhor forma possível, seguindo seu coração e acima de tudo, não precisando de um príncipe encantando para sua vida ser feliz.

Algo incrível e que muita gente pode não ter reparado, os títulos dos capítulos são títulos de livros incríveis que merecem sua atenção. 

 NOTA: 



divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário