• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
20 outubro 2015

Texto: você

               

De longe, tento abraçar sua sombra. De noite, agarro o travesseiro em uma tentativa fracassada de me confortar a você. Nos sonhos, desejo te encontrar. Na manhã, quero acordar ao teu lado. Dirigindo, anseio olhar para o lado e te pegar sorrindo, desprevenido. 

Indo ao supermercado, quero colocar suas comidas favoritas. Correndo na praia, penso em te jogar na areia e te empurrar em direção ao mar. Ao escutar uma música, quero canta-la para você, mesmo sem voz. Quando escrevo, escrevo seu nome mais vezes do que percebo. Estudando, sem querer, me advirto que não chegou a hora de sorrir à toa, e mesmo assim não estou nem aí para minhas próprias regras. 

Nas horas que danço, te vejo me encarando e caindo na sua risada, porque sou atrapalhada e louca demais para dançar valsa. Desenhando seus traços, admito sua perfeição nas curvas do seu sorriso. Nas fotos que tiramos, permito que o amor me deixe o mais feliz possível. E é nessas horas, quando sinto saudade, que lembro que ainda é pouco, considerado nas milhares de páginas que eu poderia escrever, nos momentos que eu descreveria facilmente para qualquer estranho na rua, se me perguntasse uma coisa que já me deixou feliz e ainda me deixa por alguns minutos.

 Daí, bate a saudade da sua voz, rouca e jovem, que não sei bem definir e não encontro significados para você. Do teu sorriso, sem medidas. Dos teus olhos calorosos e do teu amor, que deveria ser meu, para sempre meu e seu.




divulgar

2 comentários


Comentário(s) pelo Facebook:

2 comentários:

  1. Bia eu amo seus textos, você é muito talentosa menina. tá de parabéns flor hahahaha
    - beijos, Carol !
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que lindaaaaaaa *-* Obrigada, mesmo Carol :] beijão !

      Excluir