• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
10 novembro 2016

Resenha: Á sua espera #10 - Abbi Glines ★★★★

À Sua Espera
Título: À Sua Espera
Título Original: When I'm Gone

Série: Rosemary Beach 10

Autora: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Páginas: 240
Ano: 2016

Skoob: À Sua Espera


Sinopse: Mase sempre preferiu a vida simples em seu rancho no Texas à agitação do mundo do pai em Rosemary Beach. Na verdade, ele quase nunca visita o famoso astro do rock e Nan, sua meia-irmã mimada e egoísta. Mas tudo muda quando conhece uma das empregadas da casa, uma garota linda que, sem saber da presença dele, o desperta com seu canto desafinado.
Depois de anos sendo maltratada pela família e pelos colegas por causa de um distúrbio de aprendizagem, Reese conquistou sua liberdade e mora sozinha trabalhando como diarista para as famílias ricas da cidade. No entanto, seu sustento fica ameaçado quando ela causa um acidente na casa de Nan Dillon.Ao ser salva por Mase, um rapaz atencioso e com charme de caubói, Reese fica surpresa pelo gesto dele e, depois, apavorada quando ele demonstra interesse nela. Nunca na vida Reese conheceu um homem em quem pudesse confiar. Será que Mase pode ser diferente?
Nessa ardente paixão que nasce entre a doce e batalhadora Reese e o centrado e sexy Mase, Abbi Glines mais uma vez mescla tristezas da vida real com amores de contos de fada e nos faz suspirar até a última página.

Aqui estou eu, mais uma vez alimentando meu vicio da Abbi Glines com À Sua Espera :o decimo primeiro livro da série Rosemary Beach, que contará como estão os outros personagens , já que todos tem alguma ligação . 
Dessa vez, teremos a história de Mase, irmão da Harlow, que, para quem leu " Para sempre minha" conheceu bem ela é seu irmão mega protetor.

Reese é uma garota com um passado assombroso: pais abusivos , negligenciada e sozinha . Seu melhor amigo é Jimmy. Ela trabalha na faxina é um dia quando estava arrumando a casa de Nan, se deparou com Mase quase pelado. Ao escorregar e quebrar um espelho, o lindo Mase a leva para um hospital e a partir disso a amizade que surge ali vai além de atração física. 

"Para cada coisa ruim que aconteceu, fui recompensada com algo ainda mais bonito do que tudo de ruim. Você fez tudo valer a pena. Você é meu presente nessa vida. Eu vivi as coisas ruins e sobrevivi. Minha recompensa foi Deus ter me dado você."

A partir daí, Mase faz de tudo para ajudá-la. Ele também acaba descobrindo que ela tem dificuldade para ler e escrever . Mesmo quando ele volta para o Texas , Mase e Reese mantêm essa conexão, falando pelo celular quase todos os dias.

Reese é o a fortaleza do livro. Passei a admira-lá quando conheci seu passado, quando ela travava uma batalha com o amor, o carinho que não recebeu dos seus familiares e quanto a sua condição, mas sempre lutando por aquilo que queria.

"Eu preciso que ela venha para mim. Se nós temos uma chance de um futuro, eu preciso que ela venha até mim. Eu sempre peguei o que eu quis e sempre conquistei minhas provações, mas nada nunca significou o que ela significa. Eu não posso conquistar ela, mamãe. Eu amo ela. Eu nunca quero obrigar ela a fazer alguma coisa. Até mesmo me amar. Ela tem que me amar por ela mesma."

Assim como em todos os livros da série Rosemary Beach, encontramos personagens anteriores, conhecemos o passado e os monstros que todos eles vivem. E ler esse livro me deixou mais ansiosa para conhecer Nan, já que a  vaca sempre dá as caras e tem uma personalidade louca.

Nota: ★★★★ 



divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário