• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
26 dezembro 2016

Resenha: Fãs do impossível - Kate Scelsa


Fãs do impossível

Nome: Fãs do Impossível
Autor(a): Kate Scelsa
Editora: Intrínseca

Páginas: 336
Sinopse: Fãs do impossível conta a história de três amigos, Mira, Sebby e Jeremy, em meio aos complexos conflitos da adolescência. Mesmo sentindo-se despedaçados, sem motivos para serem amados e tentando não sucumbir à solidão, os três lutam pela vida, cada um à sua maneira.
Mira está começando em uma escola nova, depois de passar um tempo no hospital. Ela se sente insegura no novo ambiente e acha que não vai conseguir ficar longe de seu melhor amigo, Sebby, um garoto brincalhão que leva a vida com boas doses de mentira e bom humor, até que seu lado mais destrutivo vem à tona. Jeremy está retornando à antiga escola, depois de um tempo afastado por causa de um incidente traumático que arruinou seu ano letivo. Tímido e quieto, ele deseja se aproximar de Mira e Sebby. Juntos, contra todas as expectativas, eles vão viver o impossível.

Me apaixonei pela capa de Fãs do Impossível assim que foi divulgado seu lançamento pela Editora Intrínseca. Contudo, tive alguns receios com a trama e sua narração, que será comentado posteriormente.

A história é focada em Mira, Sebby e Jeremy, três melhores amigos que estão despedaçados por dentro devido a conflitos internos, familiares e na escola, acreditando que nao merecem ser amados. Todavia, todos os dias eles lutam pela sua vida. Mira enfrenta uma nova escola , depois do que passou no hospital, achando que não sobreviverá sem seu melhor amigo, Sebby.

Este, é um garoto divertido e  bem humorado, todavia vive uma mentira cada vez maior. Jeremy está retornando á sua antiga escola, ja que um acidente traumático o manteve afastado pelo resto do ano letivo anterior. Tímido, introvertido, ele começa a se aproximar , aos poucos, dos outros dois. Provando que viverão o que nunca antes foi possível e construindo uma bela amizade.


“Éramos três corpos que não sabiam onde começava um e terminava o outro, respirando juntos. Sabíamos que teríamos que voltar. Chutar para longe as folhas e nos tornar três pessoas distintas que voltariam para o mundo, forçadas a respirar sozinhas.

Cada capítulo do livro é contado pela perspectiva de cada personagem: Mira, Sebby e Jeremy. Algo que não gostei foi o uso das diversas vozes na narração - primeira, segunda e terceira pessoa. Fator esse que , por vezes, cansou a leitura e me deixou até confusa.

Todavia, a história têm temas atuais e clichês: descoberta da sua identidade, problemas na família, suicídio, família adotiva. Porém, nada disso é narrado da forma que conhecemos, ainda que a forma de narrativa seja diferente para cada um.

A história é divertida e bem humorada, sempre com frases profundas e diálogos reais de adolescentes comuns. Recomendo para quem procura um romance fofo e que trata de temas leves.


Nota:  ★★★



divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário