• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
18 julho 2016

Resenha:A última estrela #3 -Rick Yancey

                                                            A Última Estrela
Título:A Última Estrela
Páginas: 264
Autor: Rick Yancey
Editora: Fundamento 
Sinopse: O BRILHANTE FINAL DA TRILOGIA ÉPICA A 5ª ONDA!
O inimigo são os Outros. O inimigo somos nós mesmos. Eles vieram até nós porque querem a Terra. Vieram para acabar conosco. Vieram para nos salvar. Eles não inventaram a morte, mas a aperfeiçoaram. Deram um rosto a ela, porque sabiam que era a única maneira de nos exterminar. Por quê? Quem são eles realmente? O que querem de verdade? Atrás de tantas perguntas e enigmas, a verdade: Cassie foi traída. Zumbi, Especialista, Nugget também. E todos os 7,5 bilhões de habitantes da Terra. Traídos pelos Outros, traídos por si mesmos. E tudo terminará onde começou – no campo de batalha que é o coração humano. Nos últimos dias da Terra, os sobreviventes precisarão decidir o que é mais importante: salvar a si mesmos… ou salvar o que nos torna humanos. Do fenômeno mundial Rick Yancey, A Última Estrela invoca triunfo, perda e ações implacáveis nesta trama sensacional que narra como o destino da humanidade é decidido.


A Última Estrela é o último livro da trilogia A 5º Onda do autor Rick Yancey
     No final de O Mar Infinito temos uma revelação importante através da Especialista, sobre porque o ataque à Terra e quais eram os objetivos. Ela foi aperfeiçoada e suas emoções foram alteradas. Agora ela precisa matar Evan Walker para que a Terra sobreviva.
    Evan tem uma falha no seu sistema e por isso se apaixonou por Cassie. Vosch quer captura-lo e condena-lo por isso. 

“Os Outros concluíram que a única forma de salvar o mundo era aniquilar a civilização. Não pelo exterior, mas do interior. A única forma de aniquilar a civilização humana era mudar a natureza humana.”

Cassie, Ben, Sam e os demais estão escondidos , mas em breve irão se separar para realizar missões específicas e impedir que os  planos de Vosch se realizem . Esses adolescentes serão capazes de correr contra o tempo para salvar o Planeta?



“Eu sou a humanidade.

Ela rastejou.
Eu sou a humanidade.
Ela caiu.
Eu sou a humanidade.
Ela se levantou."

Foi totalmente louco ler esse último livro e me deparar que tu o que descobri nos últimos livros por conta própria foi desmascarado neste último. Recebi o final com satisfação, pois me surpreendeu e em algumas partes , deixou a desejar .

“Sempre foi desse jeito, eu quis lhe dizer. Suportamos o insuportável. Toleramos o intolerável. Fazemos o que precisa ser feito até que nós mesmos nos desfaçamos.”

Cassie foi inicialmente uma ótima personagem, mas neste último livro foi confusa e perdida sua narração.   Ela continua corajosa, buscando alcançar as partes perdidas do irmão que perdeu a inocência da infância .  Todavia, suas intenções se tornam confusas .   

“Essa era a coisa que acontecia entre nós, a coisa que nenhum de nós conseguia identificar, o elo inquebrável entre amor e medo. Evan é o amor. Eu sou o medo.”

Evan poderia ter tido mais destaque e seu destino não sei se me satisfez, já que suas falhas permitem que uma grande coisa aconteça . Em A Última Estrela, o centro da história é Especialista: que guia a verdade é esclarece algumas coisas. Sua interação com a Cassie é muito interessante: enquanto uma é guiada pelo coração , outra luta pela sobrevivência e racionalidade. 

Acredito que toda a trama seja uma metáfora do mundo atual e como distopia ela avança em diversos aspectos diferenciados de outras. Mesmo com tantas luta inicialmente. Percebe-de que os personagens estão cansados de lutar, fugir e se  esconder, entao o final se torna aceitável e até adequado na minha opinião.  

Nota: ★★★★




divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário