• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
28 janeiro 2017

Resenha: Rich e Mad, William Nicholson


Rich e Mad
Título: Rich e Mad
Autor(a): William Nicholson
Gênero: Jovem Adulto
Editora: Galera Record
Páginas: 304
Sinopse: Para os leitores de Como dizer adeus em robô e A culpa é das estrelas, um drama sobre problemas reais; a envolvente história do primeiro amor, da primeira relação sexual e de tudo entre um e outro. Um olhar contemporâneo e sincero sobre o primeiro amor e a descoberta da sexualidade. Mad sonha em se apaixonar perdidamente e, em meio a encontros e desencontros, acaba descobrindo que sua cara-metade é o amigo Rich.

Só em ter a menção de A culpa é das estrelas na sinopse de Rich e Mad já me chamou a atenção, além da capa fofa.
 Em "Rich e Mad" conhecemos Mad, uma garota fofa  que decidiu que quer se apaixonar por alguém , então ela escolhe o cara mais popular da escola, mas ele já tem uma namorada, todavia Mad começa a receber emails dele e sua paixão só cresce.

Também conhecemos Rich, um garoto quieto , que é visto por todos como gay, pois é muito amigo de um professor que todos dizem que também é gay, mas é apaixonado por uma amiga da Mad. E como sua timidez não deixa ele chegar perto de Grace, ele pede a Mad para dar umas dicas e ajuda-lo a conquista-la.Então os dois acabam virando bons amigos, passando muito tempo juntos e a amizade entre os dois vai só crescendo.

"As pessoas pensam que amar é simples, mas achar o objeto certo para amar ou para retribuir seu amor é difícil."

O livro é uma zona de clichês, fato totalmente normal , pois Mad é uma personagem que quer todo o romance. Nos mostrando que , as vezes , vemos sinais que um garoto está apaixonado, quando na verdade é só uma miragem da nossa cabeça. Quem nunca passou por isso?

Rich me conquistou pela sua honestidade e romantismo, além de ser um ótimo amigo.  Também conhecemos a Cath, melhor amiga de Mad, engraçada e divertida.

O romance é bem construído. Começando com uma amizade entre Rich e Mad, posteriormente o sentimento cresce e com ele várias descobertas também acontecerão.O livro aborda a adolescência: o momento em que nos descobrimos, temos inseguranças e sobre “primeiras vezes”. A leitura é bem fluida, facil e com capítulos curtinhos, o que ajuda no ritmo.

"-Os homens não são estranhos? - falou Maddy. - Como crianças. Se eles não tiverem tudo o que desejam, ficam amuados e dizem que não querem nada."

 "Rich e Mad" é uma leitura muito agradável, abordando temas importantes e comuns da adolescência, todavia não darei 4 ou 5 estrelas porque, para mim não teve grandes emoções. Só foi uma boa história e pronto, sem aquelas tremendas emoções que teve A culpa é das estrelas.

Nota:




divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário