• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
08 fevereiro 2017

Resenha: Temporada de acidentes - Moira Fowley-Doyle

Temporada de acidentes
Gênero: Jovem adulto Maduro 
Autora: Moïra Fowley-Doyle 
Páginas: 256 
 Editora: Intrínseca 
Sinopse: Guardem as facas, protejam as quinas dos móveis, não mexam com fogo. A temporada de acidentes vai começar. Acontece todo ano, na mesma época. Todo mês de outubro, inexplicavelmente, Cara e sua família se tornam vulneráveis a acidentes. Algumas vezes, são apenas cortes e arranhões. Em outras, acontecem coisas horríveis, como quando o pai e o tio dela morreram. A temporada de acidentes é um medo e uma obsessão. Faz parte da vida de Cara desde que ela se entende por gente. E esta promete ser uma das piores. No meio de tudo, ainda há segredos de família e verdades dolorosas, que Cara está prestes a descobrir. Neste outubro, ela vai se apaixonar perdidamente e mergulhar fundo na origem sombria da temporada de acidentes. Por que, afinal, sua família foi amaldiçoada? E por que não conseguem se livrar desse mal? Uma narrativa sombria, melancólica e intensa sobre uma família que precisa lidar com seus segredos e medos antes que eles a destruam.

Todos os anos, em outubro, a família da Cara sofre com diversos acidentes: de cortes a traumas. Mesmo escondendo as facas, protegendo as quinas dos móveis com papel bolha, evitando objetos elétricos... Todo ano acontece a mesma coisa: cortes, hematomas, quedas, ossos quebrados e somente com eles. Mas, algo diz que essa será a pior temporada de todas.

Um livro que recebi de troca no skoob e logo me deu vontade de ler, seja pelo título atrativo e pela capa . O livro é narrado em primeira pessoa, pela visão de Cara, que faz parte da família que sofre acidentes. Achei bem interessante ver a história retratada pela visão dela, pois percebe-se que ela têm um jeito diferente de ver as coisas ao seu redor.

“Será que é possível partir o próprio coração por acidente, como se quebra o pulso, por exemplo? Se for, a temporada de acidentes tem me machucado tanto por dentro quanto por fora.”

Quando você, leitor, começar a ler , pode ficar confuso e se perguntar: mas, o que danado é essa temporada de acidentes e porquê só acontece com eles? Pode até questionar se é real ou não . Á medida que as páginas passam , você ficará mais curioso para ler e saber o final. Eu, pelo menos, elaborei várias teorias e nem de perto acertei , haha.

Tenho a impressão de que muita coisa não está sendo dita. Acho que minha família toda é assim: evitamos falar das coisas sobre as quais não podemos falar e cobrimos cada superfície para nos proteger do momento inevitável em que tudo virá à tona.”


Mas, eu gostei muito da trama do livro. Amei o fato da história ser mais do que aparenta, ela comove e choca, não so focando no romance da história.Outros pontos são abordados :a relação de amizade entre os irmãos, o romance entre Cara e Sam, os dramas  juvenis, dramas familiares e relacionamentos abusivos.

“A dor é poesia. Uma poesia que nos encara, larga pedrinhas da verdade dentro de nós e nos costura de volta.”

Trata-se de um livro jovem,reflexivo e envolvente.Pode ser que muitos não gostem pela mistura de fantasia e realidade, mas para mim foi leve de ler. É um livro diferente e reflexivo,que poderia ter sido melhor desenvolvido, mas do jeito que foi escrito foi como ler um conto de terror, com toques sobrenaturais e muitas lições de família, amor e amizade.

Nota: ★★★★ 


divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário