• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
29 agosto 2017

Resenha: Oníria ,Joana Silva

 Título: Oníria
Autora: Joana Santos Silva
Editora: Chiado 
Páginas: 72
LIVRO CEDIDO EM PARCERIA COM A AUTORA
Sinopse: "Oníria" são pedaços de uma vida, aconchegada entre o passado e o presente, entre o sono e o sonho. Inquietações que nos apanham de olhos ainda cerrados, desligadas da realidade apenas na medida certa. Esta é uma obra de sobressaltos que podiam ser os nossos, povoada por desassossegos que são de todos. Feita de momentos que, ao romper da aurora, nos fazem seguir em frente.


“Não me arrependo de nada que foi feito

Apenas tenho saudades de me encostar no teu peito.”

Oníria me encontrou, me encantou e rimou com meu coração, que ansiava de poesias para adocicar meu dia. Recebi da Joana , o seu livrinho amor, que conta com uma capa fofa e uma diagramação poética. O livro  é um apanhado da vida da autora: dos seus sonhos, amores, conquistas,perdas. Não sou a melhor pessoa para falar sobre a estrutura de um livro de poesias, mas a Joana tem métrica e acima de tudo sabe conduzir o leitor a sentir o que ela sentiu quando estava escrevendo.

Agora na paz interior peço a uma fada pozinhos mágicos
Para acabar com a minha dor e os momentos mais trágicos...”

“Eu sei que doía e eu de mãos atadas
Voltei a chamar aquela fada...”

Cheio de sensibilidade e com uma excentricidade á parte, o livro da portuguesa conquista e emociona com seu Português Europeu. Querida Joana, você me transportou para perto de ti e pela suas poesias, pude conhece-te  e refletir das mesmas temáticas abordadas pela composição desse livro lindo e cheio de vida.

“E eu na total solidão
Agarrada à folha e caneta que escondia
Para não perder a minha poesia.”

O livro pode ser adquirido em forma impressa no site da Chiado Editora ou e-book na Amazon Brasil aqui.


divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário