• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
18 fevereiro 2018

Resenha: Entre as estrelas, Katie Khan



A União Europeia tem um novo estilo de vida, depois de acabar a guerra nuclear entre os Estados Unidos e o Oriente Médio, o que levou a destruição e fez com que nada mais fosse como antes.Com regras rígidas e novo estilo de vida para todos,porém nem todos os cidadãos estão satisfeitos com as regras, como: Max e Carys.

Carys trabalha para AEVE , pilota aeronaves ; Max é chef de cozinha e ajuda as pessoas que tem duvidas sobre culinária através do MenteColetiva, um aplicativo de interação. Eles se conhecem em uma das Rotações ,que acontece a cada três anos nos Voivodias, e parece que foi amor à primeira vista. Todavia, eles não podem começar um relacionamento, que é proibido em toda a Europia. A situação piora quando Carys e Max são mandados para o espaço e estão fora da aeronave, lutando por alguns minutos a mais de vida, já que estão com níveis baixos de oxigênio.

Entre as Estrelas é um romance futurista e utópico,onde os protagonistas vivem em um mundo perfeito e fechado, uma bolha em meio a destruição que os cerca após a guerra. Fora da Europia, só restou miséria. A Regra dos Casais é algo que insiste em ser cumprido, até que Carys e Max se apaixonam.

Katie Khan tem uma escrita fluida, envolvente e original quando constrói uma narrativa descritiva, sem ser cansativa e interessante ao prender o leitor na história. 

O livro é intercalado entre as lembranças de Max e Carys desde o momento que se conheceram até o presente em que se encontram presos no espaço. No inicio, me senti um pouco confusa ao ter uma visão do futuro, sem nem mesmo conhecer o porquê deles estarem ali, mas aos poucos, a leitura nos atualiza e o ritmo se torna mais rápido. A autora também aborda as dificuldades e desafios que o casal passa para viver esse amor proibido, nos fazendo refletir do quão longe podemos chegar se acreditarmos que é possível.

No geral, foi um livro agradável e desafiador ao inovar no romance, por mais que a linha temporal quebrasse em alguns momentos o entendimento, acabei gostando do livro e até me surpreendendo por isso.Indico o livro para todos  que gostam de historias originais, românticos que apreciam um enredo comovente e que esteja afim de ficar preso no futuro  tao metafórico do nosso presente.

Nota:★(4/5)



divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário