• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
16 março 2018

Resenha: Os quase completos, Felippe Barbosa

Título: Os Quase Completos
Ano: 2018
Páginas: 384

Editora: Arqueiro
* LIVRO CEDIDO EM PARCERIA COM A EDITORA ARQUEIRO

O Quase Doutor é um cardiologista reconhecido, mas que no fundo é um artista frustrado. A Quase Viúva é uma professora que está afastada do trabalho, pois seu noivo está em coma. O Quase Repórter é um jornalista angustiado com sua profissão desde que a esposa se suicidou há um ano atrás. O que essas pessoas tem em comum? A infelicidade e desilusão com sua vida. Até que, certo dia, o Quase Doutor é convencido a embarcar em um ônibus estranho rumo a uma jornada com seu passado. Essa viagem fora de rotina vira uma grande aventura que mudará seu destino para sempre.

A Quase Viúva está suspeitando que alguém do hospital está tentando matar seu noivo e O  Quase Repórter descobre que sua esposa pode ter sido assassinada. Quando ambos procuram descobrir o que de fato está acontecendo, tudo se direciona ao ônibus, onde o Quase Doutor embarcou.

Reunidos em uma situação inesperada, os três serão desafiados a enfrentar seus próprios medos e entenderão que para se tornarem completos precisam travar uma batalha com seu pior inimigo: nós mesmos.

"Todo mundo precisa de um refúgio secreto ainda que não se dê conta." 

Primeiro: apaixonada nessa capa que nos transporta diretamente para a história e através do céu estrelado, transborda as reflexões que faremos no caminho. No inicio, a leitura é lenta, já que estamos sendo apresentados a cada um dos personagens e a trama. Aos poucos, tudo vai fluindo e é emocionante ver a jornada de autoconhecimento de cada personagem.

O livro é constituído de diálogos. Então, é impossível não se apegar a um só personagem e não ficar curioso com os eventos que virão. Infelizmente, não dá para falar muito sobre o livro sem soltar spoilers. O autor conseguiu envolver vários gêneros em uma única narrativa. Tem romance, fantasia, mistério e ação.


 O quase repórter é determinado, a quase viúva tem um coração esperançoso, o quase doutor é sonhador e persistente. Personagens distintos entre si, mas vulneráveis aos acontecimentos do destino. O Felippe fala do quão importante é correr atrás dos nossos sonhos e o que vale mesmo é sermos quem quisermos ser.

Os Quase Completos é uma história excêntrica, fiel as suas intenções e envolvente. Nas entrelinhas do seu enredo,somos levados 
a questionar nossa vida e nossas escolhas, a pensar quais são nossas prioridades e se realmente somos inteiros.

QUOTES:
"O impossível pode ser inalcançável, mas se confiamos nele, conseguimos fazer do nosso possível a melhor versão." 

 "No momento em que nos sentamos aqui e aguardamos, é como se os problemas em nossa cabeça dançassem à nossa frente."

"Talvez ter esperança signifique nada mais do que pensar com a mente pura e límpida de um recém-nascido.

"É sempre possível esperar ações inesperadas daqueles mais próximos de nós."

Nota:★(4/5)


divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário