• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
08 março 2018

Resenha:Lute como uma Garota", de Laura Barcella


Título:Lute como uma Garota - 60 feministas que mudaram o mundo
Autora:Laura Barcella... 
Páginas: 368
Editora: Cultrix

Ano: 2018
* LIVRO CEDIDO EM PARCERIA COM A EDITORA CULTRIX



Da violência ao estupro. Do assédio sexual á luta pelos direitos. Uma série de questões são discutidas quando o principal sujeito da conversa é MULHER. Porém, "Lute como uma Garota", de Laura Barcella, apresentará o perfil de figuras femininas importantes na luta pelos direitos desde as pioneiras do século XVIII até os nomes mais conhecidos: Frida Khalo, Simone de Beauvoir, Oprah Winfrey e Madonna. Além de incluir nomes brasileiros essenciais á luta no pais: Djamila Ribeiro e Clarice Lispector. Contando com ilustrações, um prefacio de Mary Del Priore e apresentação de Nana Queiroz, Lute como uma Garota mostra o inicio do empoderamento feminino e até onde a força pode alcançar.

A escrita do livro é bem simples, fluida e bem parecida com a postagem de um blog. Com detalhes biográficos, citações, fatos divertidos e informações básicas de porquê esses perfis em particular foram considerados importantes para a história feminista. Embora, conhecesse alguns nomes, outra mulheres que eu mal conhecia ganharam minha admiração.Mulheres de diferentes raças, profissões, sexualidades, uma gama bem diversificada de abordagens femininas consagradas e atuais.

Este livro inspira ao mostrar que pessoas comuns também podem fazer coisas extraordinárias. Lutar pela liberdade começou há seculos atrás, mas até hoje a luta ainda persiste, afinal a resistência contra a gama feminina ainda é forte. Somos vítimas de preconceito, desigualdade, sexismo  por sermos mulher.  Um impulso para que as mulheres continuem lutando por seus direitos, seja de sexualidade, remuneração e igualdade social. Lutadoras que mostraram que com coragem, determinação e muita garra , a mudança pode acontecer, mesmo que seja pequena para si, pode ser significativa para todos.

 Fight Like A Girl é um livro para qualquer pessoa, seja jovem ou adulto, que está procurando ler algo mais libertador sobre mulheres que tiveram impacto no mundo e continuam fazendo parte da história femininina.



Nota:★(4/5)


divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário