• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
06 abril 2018

Resenha: Contagem Regressiva, Ken Follett

Título: Contagem Regressiva
Autora: Ken Follett
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance
Páginas: 320

Sinopse: Certa manhã, um homem acorda no chão de uma estação de trem, sem saber como foi parar ali. Não faz ideia de onde mora nem o que faz para viver. Não lembra sequer o próprio nome. Quando se convence de que é um morador de rua que sofre de alcoolismo, uma matéria no jornal sobre o lançamento de um satélite chama sua atenção e o faz desconfiar de que sua situação não é o que parece.
O ano é 1958 e os Estados Unidos estão prestes a lançar seu primeiro satélite, numa tentativa desesperada de se equiparar à União Soviética, com seu Sputnik, e recuperar a liderança na corrida espacial.
À medida que Luke remonta a história da própria vida e junta as peças do que está por trás de sua amnésia, percebe que seu destino está ligado ao foguete que será disparado dali a algumas horas em Cabo Canaveral.
Ao mesmo tempo, descobre segredos muito bem guardados sobre sua esposa, seu melhor amigo e a mulher que ele um dia amou mais que tudo. Em meio a mentiras, traição e a ameaça real de controle da mente, Luke precisa correr contra o tempo para conter a onda de destruição que se aproxima a cada segundo.

Um homem acorda no banheiro público de uma estação de trem, porém sem nenhuma ideia de quem seja. Ele acredita ser um mendigo e depois descobre que se chama Luke . Para isso, estará disposto a descobrir tudo o que envolve sua vida, para recuperar sua memória.

1958, ano em que os EUA e a Rússia estão em uma disputa mundial pelo poder. Os americanos tentam ultrapassar os russos na corrida espacial com o lançamento do foguete Júpiter C. Nos três dias seguintes, Luke descobre segredos a cerca de sua vida: sobre Anthony, seu melhor amigo; Elspeth, sua esposa e; Billie, a mulher amada.

Ademais, ele percebe que sua vida e o lançamento do foguete estão ligadas.
A contagem regressiva para o lançamento do foguete já começou e Luke precisa correr contra o tempo para descobrir o que há de tão obscuro em sua vida.

A Guerra Fria é o cenário que une a vida dos personagens desse livro.Confesso que esse é o primeiro livro do Ken Follett que leio e estava um pouco receosa. Mas, que thriller surpreendente. Ação, mistério, romance em uma corrida contra o tempo.

"– A guerra me ensinou que nada é tão importante quanto a lealdade.
– Que besteira. Você ainda não aprendeu que, quando as pessoas estão sob pressão, todas estão dispostas a mentir.
– Até para quem elas amam?
– Mais ainda para quem amam, porque se importam demais com essas pessoas. Por que você acha que dizemos a verdade aos sacerdotes, psiquiatras e estranhos que conhecemos no trem? Porque nós não os amamos, por isso não nos importamos com o que eles porventura pensem."


O autor construiu uma história em um ritmo alucionante, criando um suspense cheio de segredos obscuros, traições, perseguições , porém discutindo amor e amizade. A todo momento a história é acelerada, quando você tinha certeza de algo, era surpreendida por descobertas inimagináveis.

O livro é dividido por horários, porém a trama se passa em dois dias, por isso o ritmo é acelerado em cada página. A narrativa é em primeira pessoa e temos acontecimentos do presente: os dois dias de janeiro que antecedem o lançamento do foguete; e cenas da Segunda Guerra Mundial e alguns anos depois desse acontecimento entrelaçando a vida dos personagens.

“Depois que se perdia a confiança em alguém, era difícil demais recuperá-la.” 


Com personagens bem desenvolvidos, que mostram as facetas da mente humana. A medida que o tempo avançava rapidamente, o passado dos quatro amigos voltava no tempo. Ajustar os ponteiros quebrados, fazer o tempo funcionar normalmente e impedir que algo destruidor aconteça.

Um livro para aqueles que precisam conhece-lo.Uma história para os fãs incuráveis. Se você gosta de livros com essa pegada mais histórica, um bom thriler,vai adorar ler o que Ken Follett preparou. Alucinante do inicio ao fim. Prepare-se para a contagem regressiva e descobrir quem afinal é Luke.

Nota:★(5/5)

#ContagemRegressiva  #KenFollett #editoraarqueiro
#EuLeioArqueiro




divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário