• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
09 agosto 2014

Resenha: Como eu era antes de você, Jojo Moyes



Título: Como eu era antes de você
Autora: Jojo Moyes
Ano: 2013
Páginas:320
Editora: Intrínseca

Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

“Como eu era antes de você” , Jojo Moyes conta a história da Louisa Clarck, uma jovem de 26 anos, que não possui muitas ambições, que mora com seus pais, sua irmã, seu pequeno sobrinho Thomas, e seu avô que recentemente sofrera um derrame, necessitando de cuidados constantemente. Louisa trabalha num café, o qual não paga muito e namora com o Patrick, um triatleta, que faz pouco caso a esse namoro.

Alguns meses depois, o café fecha as portas e Louisa é infelizmente obrigada a procurar outro emprego. Um amigo a ajuda e entre as tentativas, aparece até emprego do tipo “Dançarina, prostituta.” Logo após, encontra sem muitas qualificações, uma vaga para cuidadora de um paraplégico, chamado Will Traynor, um homem de 35 anos, rico, racionalista e mal-humorado, que desconta todas suas raivas e angústias em que estivesse por perto.

Ser atirada pra dentro de uma vida totalmente diferente - ou, pelo menos, jogada com tanta força na vida de outra pessoa a ponto de parecer bater com a cara na janela dela - obriga a repensar sua ideia a respeito de quem você é. Ou sobre como os outros o veem...

Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes Will era um homem ativo e atleta, tinha tudo e podia-se dizer que era feliz. Recebendo a permissão de seus pais, Louisa, assina o contrato de 3 meses, após ser entrevistada pela Sra. Traynor. No dia seguinte, ela conhece-o e começa seus trabalhos. Com ajuda de Nathan, Louisa vai aprendendo a como cuidar de Will e como suportar seus humores.

O Will, a ignora e mostra que não vai ser fácil ela lhe ganhar, ou melhor ganhar sua proximidade e afeto.Faz de tudo para que ela desista. Será que Louisa conquistará o carinho de Will e conseguirá se aproximar? Como a história dos dois irá cruzar?

“...Eu contei para ele que o amava, a voz descendo de tom até o sussurro. E ele disse que isso apenas não bastava...”

Não tenho nem palavras para dizer o quanto esse livro me tocou. Adoro a escrita da Jojo e ela simplesmente roubou meu coração nessa história. Um ensinamento para vida. Um livro que nos faz refletir os detalhes e os desafios que podem ser impostos sem nosso "consentimento". Jojo aborda temas como: sensibilidade, renuncia, as dificuldades de uma deficiência e suas limitações. Só tenho uma palavra para lhe dizer: LEIA e você não irá se arrepender.

NOTA : 


divulgar

2 comentários


Comentário(s) pelo Facebook:

2 comentários:

  1. Oiee

    Amei o blog que lindo :)

    Já li esse livro e ele é meu queridinho, amo demais ele e realmente vale muito pena a leitura :)

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  2. O quê eu ouvi de comentários sobre esse livro, é uma coisa! Ainda não tive a oportunidade de ler, mas, já esta na minha listinha. Adorei a resenha, como sempre super atenciosa aos detalhes (rsrs), parabéns...
    Beijão!

    Sheyla
    http://navibeblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir