• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
16 agosto 2014

Resenha: Perdendo-me, Cora Carmack


Título: Perdendo-me
Autora: Cora Carmack
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
Ano: 2014
Sinopse: Virgindade. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-lo da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual. Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?


Um dos New Adults mais conhecidos lá fora foi lançado no Brasil. O livro conta a história de Bliss Edwards e sua virgindade. Sim, ela está prestes a se formar na faculdade e ainda é virgem. Temendo por ainda ser a única virgem do seu círculo de amigos, quer fazer de tudo para perder-la o mais rápido e em apenas uma unica noite. 

            Algumas vezes, as coisas mais assustadoras na vida são as que mais vale a pena.

Um cara lindo no bar, lendo Shakespeare, perfeito aos seus olhos, mas Bliss não consegue chegar lá e acaba inventando uma desculpa e sai correndo do seu apartamento. Porém, o que ela não esperava era que o Sr. Taylor era o cara do bar: Garrick.

Pela primeira vez, encontrei minha própria vida mais interessante que um personagem em uma página. E Deus, queria saber o final.

Perdendo-me é um livro que inicialmente eu não iria ler, porém algumas resenhas me convenceram. A sinopse apela para a parte erótica, mas o livro gira em torno de decisões, amizade e questões que jovens tendem a passar. Não é exatamente quente. O livro é engraçado na medida certa. 

A verdade é… que está me machucando. Não de propósito, eu sei. Mas te amo e cada segundo que não me quer de volta… me machuca.

Bliss é confusa, não sabe de que lado ficar e se julga por ainda ser virgem. Garrick é todo compreensivo, sexy e quente na medida certa. Os dois juntos são um desastre sem tamanho, mas divertidos demais.
 Se você está a procura de um bom New Adult que te faça dar risadas, algo leve, fofo e divertido. Valeu a pena devorar em poucas horas.Mal posso esperar pelas continuações.

Faking It                                    Finding It
(Fingindo #2 ; Encontrando-me #3)

 NOTA: 



divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário