• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
02 janeiro 2015

Resenha:A Playlist da Minha Vida , Leia Salles



Título: A playlista da minha vida
Autora: Leila Sales
Editora: Globo Livros
Páginas:
 312
Sinopse : Elise Dembowski nunca foi popular na escola. Ninguém conversava com ela na hora do intervalo nem a convidava para sair no fim de semana. Pior. Ninguém jamais se interessou em saber o que tanto a ela escutava em seu iPod: playlists com o melhor da música pop, único território em que Elise se sente confortável e confiante. Diante de seu desajuste em relação à maioria, a adolescente tenta de tudo – inclusive a mais radical das saídas, felizmente sem sucesso. No auge de seu solitário desespero, o acaso a leva até a porta de uma balada noturna, via de acesso para um mundo completamente novo, cheio de som e diversão, no qual sua veneração por música funciona como senha para inclusão em um inédito círculo de amizades. As festas noturnas do Start – o melhor clube underground do mundo – tornam-se o lugar onde a felicidade, a aceitação social e até o amor são possíveis para Elise. Não demora muito para que um misterioso bullying eletrônico e a habilidade da garota como DJ coloquem em confronto este universo com a dura realidade cotidiana.

Sabe aquele livro que te deixa curiosa só pelo titulo? Pois bem, foi isso que aconteceu comigo ao ler e me surpreender com a Playlist da minha vida. Pelo título envolvia música, só que eu nao esperava pelas ondas que viriam a seguir. Fazia algum tempo que eu nao me identificava tanto com uma personagem como a Elise. Em alguns momentos, eu pensei: "nossa, eu também ja me senti desse jeito", " eu tambem já tentei ser assim e nao deu certo".

Elise é uma garota diferente, com identidade e estilo próprio, sendo a música uma parte de si. Elise tem 15 anos e quer ser popular, quer que as pessoas parem de critica-la ou importuna-la, quer ser parecida com as outras meninas para que todos possam a tratar como "normal".

"As pessoas são aquilo que são. Não importa o quanto você tente, é impossível transformá-las naquilo que você quer que elas sejam." 

Elise não é lá uma garota de historia normal. Seu pai é músico. Sua mae é casada com outro homem e tem mais dois filhos. Elise já tentou de muitas formas tornar-se mais sociavel e aceita: comprou roupas novas, mudou um pouco as músicas, sentou no meio do ônibus escolar, mas nada adiantou. Não era fácil mudar quem era. 

Uma certa noite, ela sai caminhando e descobre a casa noturna Start. Na Start, Elise conhece Pipa e Vicky, amabas com 18 anos e na faculdade; o dj Char e o segurança Mel. Ali Elise pode ser diferente, tentar ser alguém que todos aceitariam e seriam seus amigos. Os titulos dos capitulos sao frases de musicas classicas do rock, como The Cure, The Smits e tem uma certa ligação com o que acontecerá naquele capitulo.

– Meu bem, quando você chegou aqui naquele dia e eu perguntei se você tinha talento ou problemas, lembra do que você me respondeu?
Fiz que sim com a cabeça e engoli em seco.
– Os dois.
– Então por que você está deixando os seus problemas ficarem no caminho do seu talento?

Nessa história Elise mantem duas personalidades: na escola, continua sendo a excluida e motivo de piada; na Start, ela é a DJ mais badalada da noite e nesse tempo ela consegue ver como é uma verdadeira amizade. É um livro incrível,sagaz, fofo e todos devem ler, ora para entender que precisamos ser nós mesmos, nao importa o quão idiotas parecemos com uma atitude. Um livro que mostra que a valorização, a aceitação das diferenças e a liberdade.

NOTA:  


divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário