• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
05 fevereiro 2015

Resenha: A Evolução de Mara Dyer,


Título: A Evolução de Mara Dyer #2
Autora: Michelle Hodkin
Editora: Galera Record
Páginas: 406
Sinopse :
As misteriosas e perigosas habilidades de Mara continuam a evoluir. Ela sabe que não está louca e agora precisa se prender desesperadamente à sanidade. Mara sabe que é tudo real: pode matar com um simples pensamento, assim como Noah pode curar com apenas um toque e que Jude, o ex-namorado morto por ela, está realmente de volta. Mas para descobrir suas intenções, deve evitar uma internação em um hospital psiquiátrico. Confusa com as paredes se fechando e ruindo ao seu redor, ela deve aprender a usar seu poder. 

Se você leu A Desconstrução de Mara Dyer e achou ótimo ou ficou sem palavras ou sem alguém para conversar, me manda uma mensagem que eu PRECISO falar sobre esse LIVRO com ALGUÉM. SÉRIO! Eu amei o primeiro livro, mas ao ler A evolução de Mara Dyer pude sentir que tinha muito mais escondido e com toda a certeza é uma das MELHORES TRILOGIAS DO ANO para mim. 

No primeiro livro, o lado mais sobrenatural reina. Vozes, fantasmas, alucinações. No segundo, o frio na barriga, a curiosidade para saber o que vinha em seguida e as perseguições e buscas pela verdade reinam nos capítulos. Suspense+ romance+ sobrenatural e uma aventura tão grande que mal dá tempo de respirar e a gente logo supreende-se com algo.

“Aquele era o garoto que eu amava. Um pouco bagunçado. Um pouco quebrado. Um lindo desastre. 
Exatamente como eu.”

 Tão surpreendente quanto, tão intrigante e assustador, maluco e quebrado, ardente e irresistível. Tantos adjetivos e eu ainda não sei se todos eles preenchem o que sinto sobre esse livro. A história conseguiu ficar mais louca e nos torna mais loucos ao le-la. Mara está presa em uma ala psiquiatra, sem lembrar o que a levou para lá e quando lembra que foi a visão de Jude, ela entra em desespero. Noah será seu alicerce e a ajudará em tudo o que é preciso, mas eles descobriram que estão mais ligados do que esperavam.

"Noah disse antes que eu não estava quebrada, mas estava, e ele estava descobrindo que não podia me consertar. Mas eu não queria ser o pássaro ferido que precisava ser curado, a garota doente que precisava de compaixão. Noah era diferente, como eu, mas não estava quebrado como eu.

Esse livro foi tão imprevisível e tão louco, que eu não sabia se sentia raiva, amor, odio, se pulava ou corria pela casa porque ficava em desespero. INCRIVEL! MARAVILHOSO! Noah continua um charme (lindo,sensual) e a relação de ambos se fortaleceu e subiu de nível.

"Se eu fosse viver mil anos, pertenceria a você durante todos eles. Se fôssemos viver mil vidas, iria querer torná-la minha em todas elas."

 Tem coragem para enfrentar essa loucura? Consegue dormir sem pensar em Mara Dyer? Pensa em Noah á noite? haha. Não vejo a hora de ler "The retribution of Mara Dyer", mas ver  a vingança será tão boa quanto penso.Se você ainda não leu o primeiro livro e se deparou com a resenha do segundo livro, só digo uma coisa, ops, escrevo: LEIA, você não vai se decepcionar.

"Eles chacoalhavam minha jaula para ver se eu mordia. Quando me soltassem, veriam que a resposta era sim."

NOTA : ★★★★★ 



divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário