• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
22 agosto 2015

Resenha: Cilada- Harlan Coben

Titulo: Cilada
Autora: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance Policial
Ano: 2010
Páginas: 271
Sinopse: Haley McWaid tem 17 anos. É aluna exemplar, disciplinada, ama esportes e sonha entrar para uma boa faculdade. Por isso, quando certa noite ela não volta para casa e três meses transcorrem sem que se tenha nenhuma notícia dela, todos na cidade começam a imaginar o pior.. Na junção dessas duas histórias está Wendy Tynes, a repórter que armou a cilada para Dan e que se torna a única testemunha de seu assassinato. Wendy sempre confiou apenas nos fatos, mas seu instinto lhe diz que Mercer talvez não fosse culpado. Agora ela precisa descobrir se desmascarou um criminoso ou causou a morte de um inocente. Nas investigações da morte de Dan e do desaparecimento de Haley, verdades inimagináveis são reveladas e a fragilidade de vidas aparentemente normais é posta à prova. Todos têm algo a esconder e os segredos se interligam e se completam em um elaborado mosaico de mistérios. O assistente social Dan Mercer recebe um estranho telefonema de uma adolescente e vai a seu encontro. Ao chegar ao local, ele é surpreendido pela equipe de um programa de televisão, que o exibe em rede nacional como pedófilo. Inocentado por falta de provas, Dan é morto logo em seguida.
Resenha:


Demorei bastante para terminar esse livro, mas quando engatei na trama, me vi tentando desvendar esses mistérios. Confesso que foi muito difícil de fazer essa resenha, pois o livro muda constantemente de foco e vários personagens aparecem, fiquei um tanto confusa.

O livro começa contando a história de Dan Mercer, que é acusado de pedofilia, após uma cilada armada pela jornalista Wendy Tynes. Trabalha como voluntário em uma casa para menores, não tem família e conta apena com a ex-esposa e sua nova família. Dan é inocentado e logo em seguida é morto.

"Eu sabia que minha vida seria destruída se abrisse aquela porta vermelha.

No entanto, enquanto eu caminhava em direção a ela sob a luz débil de um poste distante, a escuridão parecia se abrir como uma boca prestes a me devorar inteiro. Era impossivel afastar a sensação de perigo iminente. Cada passo me custava ceto esforço, como se eu estivesse pisando não em uma calçada já um tanto gasta, mas em cimento fresco. O corpo dava todos os avisos: frio na espinha, pelos eriçados nos braços, arrepio na nuca e no couro cabeludo."

Nesse meio tempo há a história paralela de Haley McWaid, uma adolescente de 17 anos, filha exemplar, primeira aluna da classe, com um futuro brilhante pela frente e que inesperadamente desapareceu por três meses e supõem-se ter sido assassinada.

"Era como se Haley tivesse sido tragada pela terra. Um mês se passou. Nada. Depois dois. Nada também. Já haviam se passado quase três meses quando enfim eles receberam a noticia- e a pedra que não a deixava respirar ou dormir durante a noite, parou de crescer."

Wendy é uma jornalista sagaz e que não desiste de um mistério até ter todas as partes as claras. Ela é viuvá, tem um filho adolescente que é a coisa mais importante de sua vida e um sogro que compõe toda a sua família. Tem uma natureza forte e e esconde muito bem suas arestas. Ela sempre foi uma pessoa de fatos, porém seu instinto nesse caso se torna mais forte. 

"No fundo do trailer, Dan tentou encará-la com a mesma intensidade de antes, mas a corrente elétrica não estava mais lá. Nenhum resquício daquela limpidez que tanto a havia seduzido. No lugar dela, o que se via naquele olhar era algo que inspirava pena. Mesmo agora, mesmo sabendo de tudo, os instintos de Wendy diziam que aquele homem simplesmente não podia ser o monstro que de fato era."

Vários fatos aparecem e fazem Wendy duvidar das acusações que fez a Dan e tenta acima de tudo desvendar esse mistério e descobrir se Dan é inocente ou culpado.

"_ Não acho que Dan Mercer fosse pedófilo. Nem que tenha matado ninguém. Portanto, sim, Wendy, acho que você arruinou a vida de um inocente."

 Ao tentar desvendar esse mistério se vê varias vezes por um fio de perder seu emprego e ser morta. Será que Wendy conseguirá descobrir a  real verdade? Dan é realmente culpado? E Haley estará viva?

Esse é um daqueles livros que não é nada do que você pensa, tudo aquilo que você tem certeza de que é verdade, não é. É preciso ler esse livro com muita atenção aos detalhes e mesmo assim a cada revelação você se surpreende mais.

Um livro bem escrito e arrebatador, que certeza vai te tirar o folego. A história te envolve e te surpreende na medida certa. Não é um desses livros que enchem linguiça. A trama toda se entrelaça de forma brilhante e o desfecho é eletrizante. Livro Recomendado

NOTA: ★ ★ ★


divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário