• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
09 agosto 2015

Resenha: Harry Potter e a Pedra Filosofal #1- JK. Rowling

Titulo: Harry Potter e a Pedra Filosofal #1
Autora: J.K. Rowling
Editora: Rocco
Gênero: Ficção/Distopia
Ano: 2000
Páginas: 223
Sinopse: Harry Potter e a Pedra Filosofal’ conta a história de um menino que dorme embaixo de uma escada na casa dos tios. Quando ainda bebê, Harry teve sua casa invadida por um terrível bruxo responsável pelo assassinato de seus pais e é o único sobrevivente. Porém, Harry não sabe disso, e acha que é apenas um garoto normal que às vezes parece fazer coisas estranhas acontecerem. Entretanto, no dia de seu aniversário de 11 anos, Harry recebe uma visita inesperada e descobre que é um bruxo, assim como seus pais foram, e que está convidado a ingressar na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Harry, então, vai para Hogwarts, onde irá aprender poções, feitiços e a jogar Quadribol, e se meter em aventurar que irão ensiná-lo sobre a vida.


Resenha:

Tenho que confessar que nunca me interessei em ler Harry Potter, tinha tentado uma vez quando era mais nova, mas não cheguei a terminar. Não sei se foi porque eu comecei por um livro no meio da serie, ou porque não queria ler mesmo. Mas ai de tanto meu noivo me encher o saco eu resolvi incluir ele na minha tbr da #MLI 2015 (Post falando sobre a maratona). E num é que eu gostei.

Esse  é o primeiro livro da serie e conta a história do menino Harry, que perdeu os pais em um "acidente de carro" e mora com os Dursley. Harry era um menino normal, ia a escola, fazia as tarefa, porém quando ninguém estava olhando acontecia coisas estranhas que nem mesmo ele sabia explicar. Seus tios o tratavam mal e o faziam dormir em um armário debaixo da escada cheia de teias de aranha, enquanto seu filho Duda dormia no maior quarto da casa, vestia roupas de segunda mão e óculos remendado. 

Vivia com os Dursley havia quase dez anos, dez infelizes anos, desde que se lembrava, desde que era bebê e seus pais tinham morrido naquele acidente de carro. 

Em seu aniversario de 11 anos Harry descobre que nem tudo que seus tios lhe diziam era verdade. Após receber uma coruja com uma carta endereçada em seu nome, a qual seus tios tentam a todo custo não deixá-lo ler, ele descobre que seus pais eram bruxos e que foram mortos por Lord Voldemort. 

Harry inicia sua nova vida de Bruxo famoso na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, mesmo sem conhecer nada desse mundo e ele se vê encantado com sapos de chocolate, quadribol, vassouras, fantasmas e fotos que se mexem. Ele foi rejeitado por toda a sua vida e nunca teve um amigo de verdade até que encontra seus dois melhores amigos amigos Rony e Hermione, juntos eles vão viver as maiores aventuras de sua vida.

Mas, daquele momento em diante, Hermione Granger tornou-se amiga dos dois. Há coisas que não se pode fazer junto sem acabar gostando um do outro, e derrubar um trasgo montanhês de quase quatro metros de altura é uma dessas coisas.

É uma leitura fácil e gostosa, onde você se vê preso nas paginas cheias de encantos de J.K. Rowling. O livro é narrado em 3° pessoa, uma das formas que eu menos gosto de ler, mas não influenciou tanto porque o livro é muito bom. Se soubesse que iria gostar tanto assim do livro, já teria lido há seculos. Para quem não leu ainda eu te desafio a ler e me contar o que achou. Se você mesmo assim não gostar, vai continuar não gostando (risos). Livro super recomendado.

Trailer do Filme:



NOTA: ★ ★ ★ ★ 


divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário