• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
30 agosto 2015

Resenha:Isla e o final feliz , Stephanie Perkins


Isla e o Final Feliz 

Título: Isla e o final feliz #3
Autora: Stephanie Perkin
Editora: Intrínseca 
Páginas: 304 
Ano:2015
Sinopse: "Tímida e romântica, Isla tem uma queda pelo introspectivo Josh desde o primeiro ano na SOAP, uma escola americana em Paris. Mas sua timidez nunca permitiu que ela trocasse mais do que uma ou duas palavras com ele, quando muito. Depois de um encontro inesperado em Nova York durante as férias envolvendo sisos retirados e uma quantidade considerável de analgésicos, os dois se aproximam, e o sonho de Isla finalmente se torna realidade. Prestes a se formarem no ensino médio, agora eles terão que enfrentar muitos desafios se quiserem continuar juntos, incluindo dramas familiares, dúvidas quanto ao futuro e a possibilidade cada vez maior de seguirem caminhos diferentes. Com participações de Anna, Étienne, Lola e Cricket, personagens mais do que queridos pelo público apresentados em livros anteriores da autora, Isla e o final feliz é uma história de amor delicada, apaixonante e sedutora, um desfecho que vai fazer os fãs de Stephanie Perkins suspirarem ainda mais." 

E finalmente essa continuação livro de Stephanie Perkins foi lançada aqui no Brasil. Morri de amores pelos dois últimos livros ( "Anna e o beijo frances";" Lola e o garoto da casa ao lado"), mas entre todos, Isla e o final feliz foi o mais fofo romance.

Em uma noite de férias  nos Estados Unidos, Isla está em um chapada de remédios porque tinha arrancado os sisos ( quem já não passou por isso , hein?) e para sua felicidade ela reencontra um garoto que estuda na SOAP (Escola para Americanos em Paris) com ela no primeiro ano e  por quem é apaixonada desde então..  

“-Você sempre gostou de mim?
-Uma garota sexy, inteligente e que lê quadrinhos? Está brincando? É óbvio que você estava na minha mira.
 

Mas, como Isla não estava em seu estado normal, ao invés de ter feito alguma coisa para passar vergonha  e ir embora sem falar com ele, por efeito dos remédios, acaba indo conversar com ele e tendo uma noite bem divertida, da qual não se lembrará muito bem no outro dia. 

“Gosto que você seja pequenininha, sabe por quê? Porque eu poderia carregar você no bolso para qualquer lugar. “

Na manha seguinte, Isla lembra que Josh a levou para casa e pagou a conta no bar. Mas, ela está morta de vergonha e com medo de ter falado besteira. Então, durante seu período de férias ela vai ao bar na esperança de encontrar Josh e se desculpar. Mas, o destino tem outros planos .

"Ainda fico nervoso do seu lado, sabia? — Sério? — Eu me sinto como um gigante todo desajeitado. Você parece uma boneca de porcelana. Doce, delicada, linda."

O tempo passa. As aulas começam e Isla agora está ocupando o antigo dormitório de Josh, lembrando que ele dormiu naquela cama... E se depara, que ele continuará estudando na mesma escola e terá que encara-lo alguma hora.  Isla que sempre foi apaixonada por Josh terá que enfrentar o virá a seguir. E ambos vão passar por dramas familiares, por escolhas futuras e terão que decidir se vão correr todos os riscos para ficarem juntos ou se vão deixar as dúvidas povoarem seus pensamentos, dificultando seu relacionamento.

Isla é uma garota tímida, nerd, a filha do meio pacificadora e nunca se arrisca, sempre se achando inferior. Tem uma irmã mais velha, Gen e a mais nova, Hattie,a mais rebelde. Seu amigo Kurt é um autista que ama mapas e é viciado em rotinas. E conhecer Josh trouxe mudanças para a vida de Isla. Fez com que ela saísse de sua zona de conforte e crescesse. Além de ser um fofo e um sonho de consumo, só em pensar no quanto ele era romântico, me deu uma vontade de correr para Paris e procura-lo e talvez encontra-lo desenhando.

"— Étienne tem um metro e sessenta e três — comenta Anna. — Com as botas. — Sem as botas — resmunga St. Clair, mas o sorriso o entrega. — Você é mais baixo do que pensei — digo, mas me arrependo assim que as palavras saem da minha boca. — Desculpa — peço, sem graça. — Eu só quis dizer que você não parece tão baixo assim. — Autoestima , querida. Ele inclina o corpo na minha direção e toca minha bochecha com o dedo. — Você poderia aprender um pouco comigo, hein?"

Tantas cenas que me emocionaram, entre elas a de Isla e Hattie na casa da árvore, as aventuras de Isla e Josh e sua amizade forte com Kurt. E ainda podemos rever Anna e Éttienne, Lola e Cricket e matar um pouquinho a saudade dos personagens dos livros anteriores. E algo incrível acontece no final do livro.Matei um pouco da saudade, mas fiquei ansiando por mais de Isla, Anna e Lola no futuro.

"Josh senta ao meu lado. Com a testa, ele toca a minha. Em seguida, ele fecha os olhos e diz: — Isla Martin. Eu amo você. Meu universo explode. — Eu também amo você, Josh. Muito."

O que dizer de Stephanie ? Um romance fofo, sedutor e seria impossível não suspirar com as declarações de Josh, sorrir com as cenas divertidas, sentir uma dorzinha quando Isla fala algo que não deve e acaba saindo errado, mas ler esse livro e esquece-lo? Jamais.

Ler esse livro é como se apaixonar pela segunda vez pela França, depois de Anna e o beijo francês, que agora estou em serias duvidas se é ainda meu favorito da Stephanie depois de Isla. Super recomendo o livro e os outros dois. Então, não deixa de descobrir como é um relacionamento cheio de altos e baixos, mas que você vai desejar viver e suspirar depois de ler  Isla e o final feliz.
 

NOTA:  ★★★★★ 



divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário