• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
04 novembro 2015

Resenha:Mulheres - Carol Rossetti


Mulheres

Título:Mulheres(Retratos de Respeito, Amor-próprio, Direitos e Dignidade)
Autora: Carol Rossetti
Páginas: 160
Ano: 2015
Editora: Editora Sextante
 Sinopse: Em 2014, a ilustradora Carol Rossetti começou a desenhar mulheres diversas para testar seus lápis de cor. Nunca poderia imaginar que suas criações despretensiosas ganhariam o mundo e iriam viralizar na internet a ponto de se tornarem matéria na CNN
Com um traço característico e frases inspiradoras, Carol quebrou tabus e espalhou uma mensagem que ecoou em mulheres do mundo todo: somos fortes, merecedoras de respeito e especiais do jeito que somos, independentemente de opiniões e julgamentos alheios.
Agora, essa mensagem ganha o formato de livro e inclui textos sobre os temas centrais abordados em suas ilustrações, como corpo, estilo, identidade, relacionamentos e superação. 
“Existem mulheres negras, brancas, morenas, latinas, asiáticas, indianas, indígenas. Existem engenheiras, donas de casa, prostitutas, senadoras, artistas, executivas, atrizes. Há mulheres cegas, surdas, mudas. Mulheres bipolares, deprimidas, ansiosas.
Existem heterossexuais, lésbicas, bissexuais, arromânticas, pansexuais, assexuais. Mulheres cristãs, ateias, budistas, islâmicas.
Há mulheres que não são ativistas, que nunca ouviram falar em feminismo, que nunca discutiram racismo. Mulheres que lutam de formas diferentes, a partir de ideias que não conhecemos. Existem mulheres que têm vergonha de compartilhar suas escolhas por medo de serem julgadas. E mulheres que discordam de tudo isso que eu disse até aqui.
Cada uma tem sua própria história, e acredito que todas elas merecem ser ouvidas e representadas. Minha abordagem será abrangente, convidando todos os que dividem comigo essa ideia de liberdade a celebrar a diversidade do ser humano.

O que dizer desse livro encantador, totalmente ilustrado e que têm respeito, amor-próprio, direitos e dignidade como retratos. A mineira Carol Rossetti encontrou nos desenhos uma forma de lutar contra o machismo e o preconceito , espalhando ideias para que a mulher seja livre, feliz. Desde celulite, estrias á opção sexual, não ter filhos. A Carol usa desenhos e frases, onde não só o feminismo é o tópico principal abordado em suas artes. Racismo, homofobia, cabelos, estilos e tantos outros problemas universais que não deveriam ser problemas, já que a mulher está se tornando independente em seu meio.

Vi no livro da Carol Rossetti  tudo o que sempre lutei e coisas pelas quais eu me envergonhava e agora, depois de ler e viver um pouquinho de cada retrato, posso ser livre e ligar o FODA-SE para a sociedade que não aceita algumas coisas.  Desde o cabelo, ao direito e assedio que homens se mostram que podem, uso de maquiagem, preocupação com o corpo e orientação sexual. Obrigada Carol por dar voz a todas as mulheres do Brasil, por lutar através da arte pelo direito de ser e viver como quiser.

Carol Rossetti

Carol Rossetti


Carol Rossetti

Carol Rossetti

Carol Rossetti

NOTA:  ★★★★★ ♥



divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário