• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
02 setembro 2016

Lançamentos da Editora Rocco - Setembro

Adulto
MUNDO DAS HORAS FINAIS – O Último Policial #3, de Ben H. Winters
Há menos de duas semanas para o asteroide Maia atingir o planeta, as pessoas vivem atrás de barricadas, entocadas em porões e abrigos de emergência, o dinheiro se tornou inútil e água é a moeda mais valiosa. Enquanto todos esperam o fim, o detetive Hank Palace ainda tem um último caso para resolver. Sua irmã Nico está envolvida com um grupo radical que possui um plano para salvar a humanidade. Hank então embarca numa jornada por uma América destruída, na tentativa de encontrar a irmã e descobrir mais sobre o suposto plano. De Massachusetts para Ohio, o detetive passa por zoológicos abandonados, restaurantes desertos, encontra gente de todos os tipos em diferentes graus de desespero, até chegar a uma central de polícia vazia, onde as evidências de um crime brutal mexem com seus instintos investigativos. Com o tempo se esgotando, Hank segue as pistas, mas não tem certeza se está preparado para o que pode encontrar, no desfecho da premiada trilogia O último policial. 
PÁSSARO LOUCO, de Rosiska Darcy de Oliveira
A jornalista e escritora Rosiska Darcy de Oliveira, membro da Academia Brasileira de Letras, tem muitas histórias para contar. Parte delas está reunida em Pássaro Louco. Na antologia, textos que passam pelas lembranças da infância, o exílio na Suíça durante a ditadura militar, amores, afetos, o bem e o mal da contemporaneidade, política, literatura, religiosidade e o carnaval, uma de suas paixões, organizados em blocos temáticos. “Pássaro louco”, por exemplo, além de dar nome ao livro, reúne os textos que falam de amor e vem do artigo de mesmo nome, em que a autora reflete sobre todas as formas de amor: “Por que os gays ainda assustam? Talvez porque sejam a prova viva de que o amor é um pássaro louco que ninguém sabe onde vai pousar.” Já o “Interlocutor mudo” reúne as reflexões da autora sobre religiosidade e a crença – ou não – na existência de um deus. Uma obra imperdível que traz a visão de mundo de uma das maiores pensadoras brasileiras. 
HOMENS ELEGANTES, de Samir Machado de Machado
Escritor e roteirista nascido em Porto Alegre, Samir Machado arrebanhou elogios da crítica com o romance Quatro soldados. Agora, em sua estreia na Rocco, o gaúcho confirma que é uma das vozes mais originais da literatura nacional com um romance histórico que se filia à melhor tradição do gênero. Na trama, um soldado brasileiro é enviado a Londres com a missão de investigar uma rede de contrabando de livros eróticos para o Brasil, em 1760, e se deslumbra com os luxos e excessos da alta sociedade europeia. Uma legítima aventura de capa e espada, com direito a duelos e perseguições a cavalo, apimentada pela literatura pornográfica iluminista e pelo universo LGBT do século XVIII. A obra foi adquirida para adaptação cinematográfica pela RT Features, responsável por sucessos internacionais como Frances Ha, de Noah Baumbach, entre outros. 
FÁBRICA231
PLACEBO JUNKIES – Piratas de laboratório, de J.C. Carleson
Audie é uma jovem como qualquer outra, mas encontrou uma forma incomum de descolar uns trocados: ela serve de cobaia para a indústria farmacêutica. Neste irreverente romance, J.C. Carleson, ex-agente da CIA, mergulha no universo pouco conhecido, mas muito impressionante, dos voluntários em série de testes farmacológicos. Na tradição deTrainspotting e Drugstore Cowboy, doses cavalares de humor negro disputam espaço na trama com o drama de jovens que vivem no limite. No caso de Audie, ela precisa juntar dinheiro para oferecer a Dylan, seu namorado que tem uma doença terminal, uma festa de aniversário de 18 anos inesquecível. “Não há ganho sem dor”, ela repete, em meio aos efeitos colaterais das substâncias e procedimentos a que está sujeita e aos esquemas para lidar com eles. Mostrando as entranhas de um mundo desconhecido da maioria das pessoas, Placebo junkies arrancou elogios da crítica com sua narrativa original e completamente viciante. 
EU ESTOU AQUI, de Clélie Avit
Vencedor do prêmio Nouveau Talent 2015, Eu estou aqui, da professora e escritora francesa Clélie Avit, é uma emocionante história de amor e superação que tem início quando Thibault, ainda se recuperando de um divórcio que levou embora suas esperanças, entra por acaso no quarto errado do hospital onde fora visitar o irmão. No leito, uma mulher dorme e ele encontra uma paz que há muito não sentia. Em coma há cinco meses, Elsa sofreu um acidente numa escalada, e a família já não acredita em sua recuperação. Mas, tomado por um sentimento que ele mal consegue definir, Thibault passa a visitá-la sempre que possível e, a cada dia, aumenta sua certeza de que está apaixonado por Elsa e de que ela ouve cada uma de suas palavras. Uma declaração de amor à vida e aos pequenos gestos que são capazes de transformá-la. O livro chega ao Brasil pela coleção <3 Curti, do selo Fábrica231, dedicada a histórias românticas com final feliz. 
BICICLETA AMARELA
A MÁGICA TRANSFORMADORA DO F# – Como parar de perder tempo que você não tem com gente que você não gosta fazendo coisas que você não quer, de Sarah Knight
Um livro perfeito para os estressados e sobrecarregados de plantão aprenderem a dizer não, sem culpa, para o excesso de obrigações e compromissos desnecessários. Nesta paródia brilhante do bestseller A mágica da arrumação, de Marie Kondo, Sarah Knight, ex-editora que trocou uma rotina opressora por uma carreira freelance, apresenta um guia prático para quem deseja se livrar de dramas familiares, da exigência pelo corpo perfeito, da opinião alheia e de outras bobagens que tanto consomem o tempo e a mente, sem parecer desagradável, mas praticando a mais límpida e amigável sinceridade. Uma autoajuda diferente e bem-humorada, ideal para os tempos atuais.






divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário