• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
17 setembro 2016

Resenha:A Lâmina da Assassina #1.5 -Sarah J. Maas

A Lâmina da Assassina
Título: A lâmina da assassina 1.5
Título original: The Assassin's Blade 
Autor: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 368
Sinopse:Implacável, sedutora, letal. Poucos conhecem seu rosto, menos ainda sobrevivem à sua fúria. Não à toa Celaena Sardothian é sinônimo de morte. Suas lâminas são certeiras, assim como seu estranho código de honra e seu aguçado senso de justiça. Mas como uma menina, encontrada agonizando pelo rei dos Assassinos de Adarlan, se tornaria a campeã do rei? Disputada pelo capitão da guarda real e o próprio príncipe herdeiro? No centro de intrigas políticas? Acompanhe Celaena vencer um lorde pirata e toda sua tripulação; o encontro como uma curandeira; seu treinamento com o Mestre Mudo, senhor dos assassinos silenciosos, nas dunas do deserto Vermelho; a prisão nas Minas de Sal de Endovier; ou, ainda, sua luta contra o mais escorregadio e traiçoeiro dos adversários — o próprio coração.

A lâmina da assassina” faz parte da minha Maratona Literária de Inverno, já que sempre eu começava e tinha preguiça de terminar. Mas, dessa vez consegui e nossa, me sinto idiota por não ter lido antes o começo da Assassina de Adarlan. faz parte da série Trono de Vidro, de Sarah J. Maas.  A imensidão de sentimentos que a Celaena têm era algo que eu não esperava, já que no primeiro livro conhecemos uma personagens perigosa, violenta e perfeccionista com seus atos.

Celaena Sardothien é uma assassina habilidosa, corajosa e sombria. Profunda de um modo inesperado.E até poderia dizer os adjetivos adequados a uma das personagens mais F*da dos livros.  A autora nos apresenta outros personagens tao cativantes e perigosos como Celaena. E Sam Cortland? Como lidar com tudo o que aconteceu nesse livro? Não vou nem dizer nada, porque seria um spoiler.

 “ – Toque em mim de novo – retrucou ela, caminhando até a cama e pegando a comida derramada – e vai perder essa mão.”

Uma fantasia cheia de ação, suspense, aventura. Ao ler esse livro dá até vontade de reler “Trono de Vidro” e ‘Coroa da meia-noite”, primeiro e segundo livros da série, pois poderia ter percebido alguns detalhes de Celaena que na primeira vez lidos não tinha percebido. Ler “A lâmina da assassina” depois do primeiro livro te fará entender quem era a Celaena antes e depois de algumas coisas, o que a motivou e o que a tornou assim.

 Nota: ★★★



divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário