• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
03 maio 2017

Resenha: A casa assombrada - John Boyne ★★★★

A Casa Assombrada
 Título: A Casa Assombrada
Autor: John Boyne
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 296
Ano: 2015

Sinopse: “Eliza Caine tem 21 anos e acaba de perder o pai. Totalmente sozinha e sem dinheiro suficiente para pagar o aluguel na cidade, ela se depara com o anúncio de um tal H. Bennet. Ele busca uma governanta para se dedicar aos cuidados e à educação das crianças de Gaudlin Hall, uma propriedade no condado de Norfolk – sem, no entanto, mencionar quantas são, quantos anos têm ou dar quaisquer outras explicações. Assim, ela larga o emprego de professora numa escola para meninas e ruma para o interior. Chegando a Gaudlin Hall, Eliza se surpreende ao encontrar apenas Isabella, uma menina que parece inteligente demais para sua idade, e Eustace, seu adorável irmão de oito anos. Os pais das crianças não estão lá. Não se veem criados. Ela logo constata que não há nenhum outro adulto na propriedade, e a identidade de H. Bennet permanece um mistério. A governanta recém-contratada busca informações com as pessoas do vilarejo, mas todos a evitam. Nesse meio-tempo, fica intrigada com janelas que se fecham sem explicação, cortinas que se movem sozinhas e ventos desproporcionais soprando pela propriedade. E então coisas realmente assustadoras começam a acontecer…”


O livro “A Casa Assombrada” foi publicado em 2015 e é escrito pelo conhecido autor John Boyne.Vamos relembrar algumas obras dele: “O menino do pijama listrado”, “Fique onde está e então corra”,” O menino no topo da montanha”, “ O ladrão do tempo”, “ O garoto no convés” e por ai vai.

A história se passa em 1867 e a Eliza é nossa protagonista. Com 21 anos e sozinha no mundo, já que seu pai faleceu a pouco tempo, Eliza precisa procurar um emprego, logo encontra um anuncia de governanta em um jornal e parte para sua jornada.

O livro não é bem de terror, têm uns toques sobrenaturais e um suspense que permeiam todo o enredo. A leitura é fluida, continua e te impulsiona a desvendar o mistério da Casa assombrada. Mas, a forma que Eliza lida com tudo é fascinante: com a dor , a perda, o vazio de viver em um lugar desconhecido, porém sempre buscando respostas e sendo gentil.

Todavia, faltou algo que eu não sei dizer bem o que foi. Tive a sensação da ausência de mais tensão, mas tudo bem.Esse é um trabalho diferente do autor. Se você curte mistério, recomendo a leitura A casa assombrada o quanto antes!

NOTA: ★★★★




divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário