• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
11 junho 2017

Resenha:Onze leis a cumprir na hora de seduzir #3- Sarah Mclean

Título:Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir
Série:Os Números do Amor # 3
Autora:Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Páginas: 330
Ano :2017
Sinopse:Juliana Fiori é uma jovem ousada e impulsiva, que fala o que pensa, não faz a menor questão de ter a aprovação dos outros e, se necessário, é capaz de desferir um soco com notável precisão. Sozinha após a morte do pai, ela precisa deixar a Itália para viver com seus meios-irmãos na Inglaterra.Ao desembarcar no novo país, sua natureza escandalosa e sua beleza estonteante fazem dela o tema favorito das fofocas da aristocracia. Pelo bem de sua recém-descoberta família britânica, Juliana se esforça para domar seu temperamento e evitar qualquer deslize que comprometa o clã. Até conhecer Simon Pearson, o magnífico duque de Leighton.


O poderoso nobre não admite nenhum tipo de escândalo e defende o título e a reputação da família com unhas e dentes. Sua arrogância acaba despertando em Juliana uma irresistível vontade de desafiá-lo e ela decide provar a ele que qualquer um – até mesmo um duque aparentemente imperturbável – pode ser levado a desobedecer as regras sociais em nome da paixão. 


Felicidade definiu quando o último volume da trilogia os Números do amor, de Sarah Maclean, chegou da parceria com a Editora Arqueiro. Ou seja, conheceremos e descobriremos mais sobre a Juliana,a irmã do Marquês de Ralston, Gabriel St. John, e seu irmão gêmeo, Nick.

Meu amor por Sarah Maclean foi avassalador e com o primeiro livro, já me conquistou e me viciou nos seus romances de época. Sou daquelas leitoras compulsivas mesmo. Se encontro uma série boa, já quero ler todo de uma vez. Mas ,vamos lá para a resenha do último livro .

Juliana, uma bela morena italiana,  meia irmã dos gêmeos cuja mãe escandalosa sumiu pelo mundo , deixando-a com seu pai, que posteriormente veio a falecer . Então, ela parte para a Inglaterra, a fim de encontrar seus irmãos.Logo, que chega , seus irmãos a incluem na conservadora sociedade londrina, que visa um bom casamento com um duque, porém , Juliana não está acostumada com tantas regras e decide só se casar por alguém que a ame.

Diferente de Juliana, Simon Pearson, o Duque de Leigthon, preza sua reputação, segue rigidamente as regras da sociedade e o nome da sua família precisa estar acima de tudo.Ele também é conhecido como Duque do Desdém, pois demonstra desprezo do que julga indigno. Sendo assim, quando ele conhece Juliana, por mais que tenha sentido uma certa atração, ele não hesita em se distanciar, tendo em vista a reputação de escandalosa que persegue a garota.

“– Você é um escândalo esperando para acontecer... Um escândalo do qual não posso me dar ao luxo de participar – acrescentou ele.”

 A obsessão de Simon só aumenta quando a família é ameaçada por um escândalo.Assim, ele busca um casamento com uma moça de boa família e reputação para cumprir as exigências do seu titulo e seguir as normais da época.

 No entanto, Juliana não esquece o duque chato e arrogante que a fez se sentir ansiosa por sua presença e disposta a desafia-lo, mostrando que a vida é guiada por emoções e não por regras, ela  o desafia além das aparências e da logica. Provocando-o, mexendo com suas emoções e provando que ele pode viver de regras. Todavia, ela só não sabia que esse desafio seria difícil demais de perder ou ganhar.

“Paixão. Ela o desafiara a descobrir a emoção, mas não estava, ela própria, preparada para descobri-la.”

Desde o primeiro livro, Juliana já marcava a história, cheia de personalidade, coragem, cativando como sempre. Só em conhece-la melhor e ver a força que ela tem de ser o que é, independente do que a sociedade dizia dela foi o grande impulso para viver de cabeça erguida. E assim como ela, enfrentar a vida com toda força que tiver, levantando a voz e buscando estar mais presente no meio social.

E Simon? Quem diria que um personagem tão frio, tão certinho, iria ficar atraído e louco por uma mulher completamente contrária as suas regras? O personagem foi bem construído e a autora soube conduzir a sua trajetória durante cada guerra interna que Simon passava para aceitar seus próprios sentimentos, no fim me conquistando totalmente.

“Saudade. Ela nem entendia isso. Ele era um homem horrível, arrogante e orgulhoso, frio e insensível. Exceto quando não era essas coisas. Exceto quando era provocante e charmoso e cheio de ardor. De paixão."

A leitura é envolvente, fluida, com diálogos engraçados e que trazem uma carga dramática, presente no contexto das tão rígidas regras da sociedade inglesa de 1823. Discute-se os valores da sociedade, cujas aparências e um titulo são mais importantes do que seus próprios sentimentos.. O último livro da trilogia foi bem desenvolvido, misturando sensualidade, humor e romance, em torno de uma mensagem simples sobre o amor e sua real importância.

Minhas únicas criticas a esse livro são: a numerologia não está completamente inserida na trama, quanto aos outros livros e não achei convincente o motivo do desafio de Juliana e Simon. Mas, Onze Leis a Cumprir na Hora de Seduzir é um livro arrebatador, com um enredo divertido e sensual, ideal para quem quer conhecer a escrita da Sarah Maclean e para quem ama romances de época.


Nota: ★★★★(4,5/5) ♥️


divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário