• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
03 junho 2017

Resenha:Sonhei que amava você, Tammy Luciano


Livro: Sonhei que Amava Você
Autora: Tammy Luciano.
Editora: Valentina.

Páginas: 296

Sinopse: Ele está vivo nos meus sonhos. E que sonhos! Mas é pouco. Eu quero esse garoto na minha vida.Kira, uma garota divertida, generosa e de marcantes cabelos longos, está vivendo um momento único aos 22 anos: ela abriu seu próprio negócio junto com a melhor amiga. É então que, inesperadamente, ela começa a ter suas noites transformadas em poesia e êxtase quando um rapaz desconhecido surge em sua vida. Mas com um detalhe importante: os dois passam a ter um encontro marcado... em seus sonhos. A cada dia, esses momentos secretos ficam mais intensos, apaixonantes e repletos de mistérios. Ela tenta não se entregar, mas a paixão só aumenta, e quando um acidente de carro a leva de encontro ao rapaz de seus sonhos, o mundo a fará entender como nem tudo tem explicação, mas sempre tem um motivo. Mas conhecê-lo no mundo real não será uma tarefa das mais fáceis. Para ter sua tranquilidade de volta e desvendar o que existe por trás deste misterioso encontro, Kira terá que percorrer caminhos difíceis, repletos de obstáculos e barreiras. Ela só tem uma coisa em que acreditar: a vida, quase sempre, reserva o melhor para o final.  Uma história cativante e marcante, repleta de desafios, enigmas e perguntas a serem respondidas. Um convite para dar asas à imaginação e aquecer o coração, nos fazendo refletir: pode um grande amor existir somente enquanto sonhamos?

      Sonhei que Amava Você escrito pela Tammy Luciano, roteirista de novelas e autora de “Claro que te Amo!” e “Garota Replay” publicados pela Editora Novo Conceito.

      Kira tem 22 anos e sua vida está quase do jeito que ela queria. Junto com sua melhor amiga, Lelê , ela mantém um negocio e tem uma família muito unida. Seu pai é um famoso juiz, sua mae é dona de um restaurante famoso e seus irmãos gêmeos são bem conhecidos.. Porém, Kira nunca teve um namorado ou nunca se apaixonou por alguém.

 Todavia, de repente ela começa a ter sonhos com um rapaz misterioso. Esses sonhos são cada vez mais frequentes, até que um dia ela encontra o mesmo rapaz em uma acidente de carro, na vida real.     Depois desse episodio, Kira começa a investigar quem seria esse rapaz, e a partir dai, o relacionamento dos dois inicia. Será que Kira vai descobrir de onde esses sonhos vieram e qual é o proposito?

       “Sonhei que Amava Você”  tem algumas qualidades, mas a obra deixa a desejar em vários quesitos.  A linguagem de Kira por ser tão informal, incomoda e entedia. Exagerada na repetição de frases, termos, abusando do leitor. Assim, como a fala do garoto misterioso

      Os personagens não são nada convincentes e demorei para entrar na história, para mim a ideia de sonhos foi forçada, como se a personagem fosse convencida e tivesse tudo traçado para chegar ao fim. Mas, a Kira e o Filipe são um casal fofo, tão fofo que quase vomito fofurice também.

"— Você me faz tão bem, Kira (...) Tanto quanto me sinto quando olho o mar. E vou te contar, amo namorar o mar."

Não é um livro que vai agradar a todos, mas indico para o público infanto-juvenil, que acredito que vá se identificar melhor com o tipo de narrativa.

“ Naquele dia, eu parecia estar mais segura ali, apesar de nunca sentir meus pés efetivamente no chão.”


Nota: ★★★


divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário