• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
25 setembro 2017

As mil noites E.K. Johnston


Título:AS MIL NOITES
Autor: E. K. Johnston
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Ano: 2016
Sinopse: Clássico da literatura universal, as histórias de As mil e uma noites estão no imaginário de todos — do Oriente ao Ocidente. É impossível que alguém nunca tenha ouvido falar sobre Ali Babá e seus quarenta ladrões, ou sobre Aladim e o gênio da lâmpada. Ou sobre Sherazade, a mulher sagaz e inteligente que se casou com um homem cruel, e, por mil e uma noites, driblou a morte narrando contos de amor e ódio, medo e paixão, capazes de dobrar até mesmo um rei. Em As mil noites, a história se repete, mas com algumas diferenças… Quando Lo-Melkhiin chega àquela aldeia — após ter matado trezentas noivas —, a garota sabe que o rei desejará desposar a menina mais bela: sua irmã. Desesperada para salvar a irmã da morte certa, ela faz de tudo para ser levada para o palácio em seu lugar. A corte de Lo-Melkhiin é um local perigoso e cheio de beleza: intricadas estátuas com olhos assombrados habitam os jardins e fios da mais fina seda são usados para tecer vestidos elegantes. Mas a morte está à espreita, e ela olha para tudo como se fosse a última vez. Porém, uma estranha magia parece fluir entre a garota e o rei, e noite após noite Lo-Melkhiin vai até seu quarto para ouvir suas histórias; e dia após dia, ela continua viva. Encontrando poder nas histórias que conta todas as noites, suas palavras parecem ganhar vida própria. Coisas pequenas, a princípio: um vestido de seu lar, uma visão de sua irmã. Logo, ela sonha com uma magia muito mais terrível, poderosa o suficiente para salvar um rei...

As Mil Noites,de E.K. Johnston é uma releitura do clássico Mil e Uma Noites, com um enredo surpreendente e com muito toque de magia.

Um certo dia, o rei Lo-Melkhiin foi ao deserto para caçar e retornou indiferente, cruel e egoísta. A partir de então, surgiu uma triste tradição: quando ele se casa , mata suas esposas na lua-de-mel.Por isso, cada vilarejo sempre fica desesperado quando sabem que ele está vindo atrás de garotas para seu qsar.

“Ela não morreu, e me perguntei se eu poderia finalmente ter encontrado uma rainha por quem eu atearia fogo no deserto.”


Em um vilarejo distante, existe uma garota linda e que é extremamente apegada a sua irmã. E quando vê que  Lo-Melkhiin se aproxima, ela fica desesperada de ele escolher sua irmã, por isso arquiteta um plano para que ela seja escolhida no lugar dela. Enquanto tem certeza que caminha para a sua morte, coisas estranhas começam a acontecer e quando ela conta as histórias de sua irmã para Lo-Melkhiin, ele poupa sua vida diversas vezes enquanto passam os dias.


“Quando as anciões da aldeia viram o brilho das armaduras de bronze em meio à nuvem de areia e ouviram o galopar acelerado dos cavalos sob o sol, quando o vento balançou a trança de minha irmã e soltou alguns fios, como se também temesse perdê-la, eu já tinha um plano.”


Um livro totalmente diferente dos que leio. Os personagens não tem nomes e apenas uma pessoa possui um nome: Lo- Melkhiin. OS: a trama não fica confusa. A narrativa é em primeira pessoa e se alternando entre o ponto de vista da garota sem nome e de algo que domina Lo-Melkhiin.


A leitura fluiu tão bem que em menos de dois eu já tinha terminado o livro. O mistério, as lendas e a magia no enredo me prenderam como um laço bem apertado. Apesar de não ser um livro de romance, a trama é voltada as lendas em torno desse homem horrível que sempre mata suas esposas. Ele é considerado um monstro, mas faz o povo prosperar, então tudo fica aceitável até certo momento. Já que é melhor ser temido que amado, né não?

“Se não tinha medo do senhor do qasr, não teria medo de nada.”


Eu gostei muito da leitura, foi rápida e curta. Mas, o final foi tao apressado que nem deu tempo de absorver tudo.A ação chega, passa e fim. Esse foi o único ponto positivo. Entretanto, a história é interessante e se você gosta de cenários desérticos ou com um contexto mais lendário , esse livro deve lhe interessar.

Nota: ★★★★(4/5) 


divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário