• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
22 setembro 2017

Resenha: Fantasma, Jason Reynolds


Título:FANTASMA
Páginas: 208
Gênero: Ficção
Ano: 2017
Editora: Intrinseca
Sinopse: Correr é algo que Fantasma sempre soube fazer, mas nunca levou muito a sério. Afinal, seu maior sonho era ser jogador de basquete e, quem sabe, entrar para o livro dos recordes. Até que, certo dia, ele disputa uma corrida contra um dos melhores atletas de uma equipe que está treinando na pista de atletismo do parque. E vence. O técnico percebe que aquele garoto tem talento de sobra e quer que o menino entre para sua equipe de qualquer jeito. O problema é que Fantasma também tem muita raiva e um passado que tenta desesperadamente deixar para trás. Um passado que exerce sobre ele uma força destrutiva que pode impedi-lo de dominar seu dom e achar seu verdadeiro lugar no mundo.Finalista do National Book Award de 2016 na categoria de literatura jovem, Fantasma é o primeiro volume de uma série sobre um grupo de corredores com vidas e personalidades muito diferentes que encontram no esporte sua grande chance de vencer, mas que antes precisarão provar muita coisa não só aos outros, como também a si mesmo.

Correr é uma coisa que Fantasma sabe fazer, mas sem levar a sério. Antes, sonhava em ser o maior jogador de basquete, entrar para o livro dos Recordes. Mas, um certo dia, ele disputa uma corrida contra um dos melhores atletas de uma equipe, chamada Defensores, que treina na pista do parque. Ele vence.

O treinador fica intrigado com o talento natural do garoto e quer de todo jeito ele na sua equipe. Porém, Fantasma tem um passado que o persegue e uma ira que supera toda a sua vontade de fazer algo bom. Essa ira e passado exercem sobre ele uma força destrutiva que é notada na sua rotina, impedindo de explorar seu dom e encontrar seu lugar no mundo.

A corrida é muito mais difícil do que qualquer coisa que o Ghost já experimentou antes. E então há o fato de que, não importa o quão rápido ele é, Ghost não pode fugir dos seus problemas. Mas, será que tem espaço para ele na pista, mesmo quando seu passado insiste em destruir seu dom?

Fantasma. O título de primeira já chamou minha atenção, além da capa amarela com um garoto correndo. Narrado em primeira pessoa, Fantasma vai além  das entrelinhas. Discutindo preconceito, superação, problemas familiares e aquele velho dilema: qual o seu lugar no mundo?

Fantasma é uma leitura fluida, rápida e cheia de metáforas. Fantasma é um personagem enigmático e com o passar das páginas, é inevitável não nutrir algum apego por ele e os dilemas que enfrenta na sua vida.

A autenticidade e a honestidade em Ghost são nítidas, tendo em vistas que "Ghost" Crenshaw vive uma realidade de muitos jovens: regada por dificuldades, preconceitos , violência e um passado inesquecivel por algum acontecimento traumático. Ele nos faz lembrar que já temos o que precisamos para superar nossos medos , só precisamos dar o primeiro passo para correr em busca de nossos sonhos.
                                     Nota: ★★★★(4,5/5) 


divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário