• Cinema
  • Inspiração
  • Leitura
  • Música
  • Playlist
  • Resenha
  • Série
  • Texto
  • Vídeo
19 março 2014

Dias de verão


Eu me lembro daqueles dias de verão,que corríamos na praia e você fingia que ia me atirar no mar, e eu gritava dizendo que não. Dai, você me abraçava forte e me jogava na areia, alisava meus cabelos e tocava seus lábios aos meus, devagar , como se o tempo não fosse passar. O ponteiro do relógio nunca parou. Você tomou outros rumos, e eu segui meus próprios instintos. Fiquei com medo do mar. Toda vez que pisava os pés na areia e os molhava, lembrava do quanto frágil eu parecia e do medo que tinha de me jogar no que queria. Imatura demais. Frágil demais. Solitária demais. Tudo demais. Dessa vez, decidi fazer diferente. Me joguei. Mergulhei fundo e voltei para cima. Tinha que tentar mudar meu rumo, tinha que enfrentar meu medo e minha saudade de você. Porém, de longe você me viu, correu e pulou na água. Segurou minha mao e ficamos juntos, naquela imensidão. O tempo não precisou parar. Ele podia passar, mas eu só precisava de você para continuar .


divulgar

comentar


Comentário(s) pelo Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário